SOLETRAS

A revista SOLETRAS é um periódico eletrônico do Programa de Pós-graduação em Letras e Linguística (PPLIN), vinculada ao Departamento de Letras (DEL), da Faculdade de Formação de Professores da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (FFP/UERJ). Com periodicidade semestral, de acesso livre e gratuito, a revista busca incentivar o debate científico nas diversas áreas de conhecimento do programa, além de difundir os resultados de trabalhos inéditos desenvolvidos de professores e pesquisadores vinculados a instituições de ensino e pesquisa nacionais ou internacionais, bem como da comunidade científica em geral. Os números são organizados com base no dossiê, com edições que intercalam Estudos Literários e Estudos Linguísticos. Só serão aceitos trabalhos submetidos por pesquisadores doutores, ou, em caso de coautoria, de doutorandos, em parceria com um segundo pesquisador que possua o título de doutor. Todas as submissões passam por avaliação cega por pares (peer review), segundo as normas para contribuições.


e-ISSN: 2316-8838 | ISSN: 1519-7778 |  Ano de criação: 2001- impresso, 2012 – eletrônico | Área do conhecimento: Linguística e Literatura  Qualis: B1 (Linguística e Literatura) | B2 (Interdisciplinar) | B3 (Ensino) | B5 (Educação/ História/ Comunicação e Informação)


ISSN 2316 8838

Para ler as diretrizes para autores em outro idioma, selecione-o no menu vertical à direita [Idioma].

Please select English on the right side vertical menu [Idioma] in order to read the journal’s guide for authors in this language.

Seleccione Español en el menú vertical derecho [Idioma] para leer la guía de la revista para autores en este idioma.

Pour lire les directives pour les auteurs dans une autre langue, sélectionnez-la dans le menu verticale à droit [langue].


Obrigatoriedade do Registro ORCID

A revista Soletras vem notificar aos autores/coautores que todas as submissões deverão informar os números ORCID de todos os autores/coautores no momento de registro dos dados de autoria,  

Journal Soletras notifies authors/co-authors that all submissions must inform the ORCID numbers of all authors/co-authors at the moment of registration of authorship data.

La revista Soletras notifica a los autores / coautores que todas las presentaciones deben informar el número ORCID de todos los autores / coautores en el momento del registro de los datos de autoría.

La revue SOLETRAS informe les auteurs/coauteurs que toutes les soumissions doivent informer, au moment de l’enregistrement de la titularité des écritures/co-écritures, l'indentifiant ORCID de tous les auteurs/coauteurs.

La rivista Soletras informa gli autori / coautori che tutti i contributi devono informare i numeri ORCID di tutti gli autori / coautori al momento della registrazione dei dati sull'autore.

DOI 10.12957/soletras

Disponível em http://dx.doi.org/10.12957/soletras


Publicação

PPLIN Faculdade de Formação de Professores UERJ

Indexadores

BASE (Bielefeld Academic Search Engine) Gale-Cengage - Database Coverage List Revista SOLETRAS no Diadorim ErihPlus EZB – Elektronische Zeitschriftenbibliotek JURN Revista SOLETRAS no Latindex Revista SOLETRAS no Periódicos CAPES Find in a library with WorldCat,  

Notícias

 

Chamada para artigos SOLETRAS n. 46 (maio-ago. 2023)

 

A Revista Soletras divulga chamada para o número 46

Dossiê 46: Literatura  em campo expandido: práticas intermidiáticas de criação literária e artística no mundo contemporâneo

Organização: Alex Martoni (UFJF), Maria Cristina Cardoso Ribas (UERJ), Thaís Flores Nogueira Diniz (UFMG)

Data limite para submissão: 31 de março de 2023

A emergência de novos meios técnicos de registro, processamento e transmissão de palavras, sons e imagens nas últimas décadas implicou uma profunda expansão das formas de narratividade e produção poética. Nesse contexto, linguagens, meios e formas de expressão próprias a diferentes domínios artísticos e midiáticos passaram a constituir um campo de permanente negociação entre processos de tradução, adaptação, migração, apropriação e hibridismo. No que diz respeito, particularmente, à literatura, as distintas formas de mediação à qual ela está sujeita (página impressa, tela, som, imagem e corpo) vêm constituindo novos horizontes de reflexão teórico-crítica em consonância com a ampliação vertiginosa de experiências intermidiáticas na produção literária contemporânea, como a inserção de fotografias e documentos na página impressa, a experimentação verbivocovisual no âmbito da tela, as interseções entre poesia, voz e performance, e o aspecto transcultural das adaptações literárias para o cinema e os quadrinhos, sem esquecer as fortes implicações deste mosaico composicional nos processos de apropriação, releitura e reescritura. Partindo da noção de que a ação comunicativa ocorre por meio de dispositivos que misturam mídias (BRUHN, 2020), os estudos de intermidialidade se apresentam, contemporaneamente, como um campo produtivo para se compreender a configuração e os efeitos deste consórcio entre campos e objetos, seja em sua interface com os estudos interartes (CLÜVER, 2019), em sua perspectiva arqueológica (MÜLLER, 2020) ou em seu cruzamento com os estudos de multimodalidade e semiótica social (ELLESTRÖM, 2021). A teórica alemã Irina Rajewsky (2012) propõe, para a abordagem literária da intermidialidade, três categorias voltadas à identificação dessas diferentes configurações e qualidades intermidiáticas específicas: a transposição, que consiste na transformação de um produto de mídia em outro, como ocorre, por exemplo, nas adaptações; a combinação, em que diferentes formas midiáticas convivem, como na ópera, no teatro e nas instalações artísticas; e as referências, em que se evocam, imitam, recriam ou tematizam elementos constitutivos de outras mídias. Dentro dessa perspectiva, o presente dossiê tem por objetivo fazer um mapeamento das diferentes práticas de criação literárias e artísticas no mundo contemporâneo, colocando em relevo os processos intermidiáticos que lhes impõem diferentes configurações qualitativas, bem como seus efeitos no plano da produção de sentidos.

 
Publicado: 2022-08-31 Mais...
 

Chamada para artigos SOLETRAS n. 45 (jan.-abr. 2023)

 

A Revista Soletras divulga chamada para o número 45

Dossiê 45: Gramática de Construções Baseada no Uso (jan.-abr. 2023)

Organização: Augusto Soares da Silva (UCP-PT), Diogo Oliveira R. Pinheiro (UFRJ), Roberto Freitas Jr. (UFRJ)

Data limite para submissão: 8 de janeiro de 2023

A Gramática de Construções Baseada no Uso (GOLDBERG, 2006; HILPERT, 2014; PEREK, 2015; BYBEE, 2008, 2010), doravante GCBU, é um quadroteórico definido tanto por uma posição relativaàarquiteturada gramática quanto por uma visão acerca darelação entre conhecimento e uso. Para a GCBU, a gramática consiste em uma rede de pareamentos de forma/sentido (isto é, construções) organizados entre si por diferentes tipos de links,os quais refletemmúltiplas motivaçõesformais e/ou funcionais. Ademais, a GCBU defende quea emergência da gramática resulta da experiência do falante com o uso da língua e da atuação de Processos Cognitivos de Domínio Geral (BYBEE, 2010).Nesse sentido, a gramática é concebida como um sistema intrinsecamente emergentee sujeito a modificações estruturais e funcionais ao longo de todo o desenvolvimento ontogenético do falante. O objetivo deste dossiê é reunir estudos que, à luz do quadro teórico da GCBU, propiciem discussões sobre a natureza da representação gramatical. Em particular, acolhem-se tantoestudos descritivossobre construções (ou famílias de construções) particulares, quanto artigos voltados para um amplo leque de problemas teóricos e aplicados, como, por exemplo, aquisição de L1 ou de L2, tradução e ensino de línguas.

 
Publicado: 2022-08-31 Mais...
 
Outras notícias...

n. 43 (2022): Discursos de ódio e discursos de resistência em ambiente digital


Capa da revista

Organização do dossiê:

Alejandra Judith Josiowicz (UERJ), Bruno Deusdará (UERJ) e Roberto Leiser Baronas (UFSCar)

Jan.-Jun. de 2022