Revista Sustinere

A Revista SUSTINERE (SUST) tem por objetivo a publicação de contribuições nacionais e internacionais acadêmicas, técnicas e científicas que articulem temas interdisciplinares e transdisciplinares relativos à Saúde e Educação em suas interfaces com a sociedade, a ciência, o meio ambiente e a tecnologia. São aceitos artigos em português, inglês e espanhol.

e-ISSN: 2359-0424 | Ano de criação: 2013 | Área do conhecimento: Multidisciplinar | Qualis: B1 (Ensino), B4 (Enfermagem; Interdisciplinar), B5 (Arquitetura, Urbanismo e Design; Ciências Ambientais; Engenharias I; Engenharias III), C (Biodiversidade)


SUSTINERE: Revista de Saúde e Educação

Endereços para contato: SUSTINERE – Revista de Saúde e Educação

EMAIL: sustinere.ouerj@gmail.com

Editora da Universidade do Estado do Rio de Janeiro - EdUERJ
Rua São Francisco Xavier, 524 , Setor -E,
Maracanã. CEP: 20550-900
Tel.: 2334-0720 – Rio de Janeiro/RJ

 
(Clique na logo para ver nossa classificação)



SUSTINERE
nas redes sociais:
  Resultado de imagem para blogger icon  Resultado de imagem para facebook icone

 

Para acessar a edição atual clique aqui.

 

Notícias

 

Entenda a relação entre a COVID-19 e a presença de tromboses

Entenda a relação entre a COVID-19 e a presença de tromboses Trombose: o perigo silencioso de mãos dadas à COVID-19 – Especialista explica qual a relação entre as duas doenças e o que fazer para se prevenir Com o avanço da pandemia, cerca de um ano e meio após o surgimento dos primeiros casos, já é de amplo conhecimento que o SARS-CoV-2 é causador de problemas agudos no sistema respiratório. No entanto, o que pouco se discute é o grande número de casos envolvendo coágulos de sangue em pacientes infectados pela COVID-19. Estima-se que de 5% a...

(Para continuar a ler a notícia, clique em "Mais...")
Publicado: 2021-08-03Mais...
 

Estudo indica que combate às mudanças climáticas pode fortalecer agenda de desenvolvimento

Estudo indica que combate às mudanças climáticas pode fortalecer agenda de desenvolvimento Um mundo que combate a mudança climática e ao mesmo tempo melhora em todos os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) é possível, afirma um novo estudo. Por Cínthia Leone, Instituto ClimaInfo Cientistas do Instituto Potsdam para Pesquisa de Impacto Climático (PIK) e do Instituto Alemão de Desenvolvimento apresentam uma estratégia integrada que combina ações climáticas ambiciosas com políticas dedicadas ao desenvolvimento, como acesso a...

(Para continuar a ler a notícia, clique em "Mais...")
Publicado: 2021-08-03Mais...
 

Degelo do permafrost libera gases de efeito estufa do subsolo

Degelo do permafrost libera gases de efeito estufa do subsolo Após onda de calor de 2020, as concentrações de metano no ar da Sibéria apontam para a emissão de gás do calcário Rheinische Friedrich-Wilhelms-Universität Bonn* Quais os efeitos da onda de calor do verão de 2020 na Sibéria? Em um estudo conduzido pela Universidade de Bonn, geólogos compararam a distribuição espacial e temporal das concentrações de metano no ar do norte da Sibéria com mapas geológicos. O resultado: as concentrações de metano no ar após a onda de calor do ano...

(Para continuar a ler a notícia, clique em "Mais...")
Publicado: 2021-08-03Mais...
 

O que o mangue pode ensinar às crianças

O que o mangue pode ensinar às crianças, artigo de Rosângela Trajano Vamos incentivar as crianças a adotarem um pedaço da natureza para que possam ter responsabilidades e cuidados para com ela Moro perto de um mangue bonito desde a minha infância. Foi nele onde aprendi a tornar-me mulher, sim porque como disse a nossa filósofa Simone de Beauvoir ninguém nasce mulher é preciso uma força exterior, algo além de si, algo que vem do desconhecido, algo que surge do inquieto para tornar-se mulher além do que está escrito no registro civil. O mangue...

(Para continuar a ler a notícia, clique em "Mais...")
Publicado: 2021-08-03Mais...
 

Pesquisadores medem carga de coronavírus em locais públicos

Pesquisadores vinculados ao Instituto de Biologia, da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Ibrag/Uerj) desenvolveram um equipamento para capturar e medir a carga de coronavírus em diversos ambientes a partir de aerossóis presentes na atmosfera. A ideia é fornecer informações mais precisas sobre a concentração de SARS-Cov-2 e a capacidade de contágio. "A maioria das pesquisas sobre risco de contágio está baseada em modelos teóricos. Nós estamos tentando verificar isso na prática", explica o coordenador do projeto, Heitor Evangelista. De...

(Para continuar a ler a notícia, clique em "Mais...")
Publicado: 2021-07-30Mais...
 

Pesquisas investigam tratamento de doenças neurológicas com células tronco

Enquanto debates éticos e judiciais discutiam a possibilidade do uso de células-tronco embrionárias em pesquisas nas últimas décadas, algumas alternativas passaram a ser investigadas. Com a descoberta de que as células-tronco não estão apenas presentes no embrião, mas em diversos tecidos do corpo, inclusive na vida adulta, e com a tecnologia das células de pluripotência induzida que transforma qualquer célula adulta em uma célula semelhante às embrionárias, pesquisas sobre modos de tratamento de doenças neurodegenerativas ganharam um novo...

(Para continuar a ler a notícia, clique em "Mais...")
Publicado: 2021-07-30Mais...
 

Estudo mostra um novo olhar sobre o meio rural metropolitano

Ruralidades metropolitanas I – O rural como opção é o primeiro de uma série de episódios do projeto “Viver e habitar o espaço rural metropolitano do Rio de Janeiro”, realizado pela pesquisadora Ève Anne Bühler, professora do Departamento de Geografia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), e pelo sociólogo Valter Lúcio de Oliveira, professor do Departamento de Sociologia e Metodologia das Ciências Sociais da Universidade Federal Fluminense (UFF). O documentário (https://www.youtube.com/watch?v=ex6gxjQG7Bs), de pouco mais de 26...

(Para continuar a ler a notícia, clique em "Mais...")
Publicado: 2021-07-30Mais...
 

IEC consolida metodologia de diagnóstico de tumores por biópsia líquida

Na fronteira do conhecimento, um grupo de pesquisadores do Instituto Estadual do Cérebro Paulo Niemeyer (IEC) vem avançando no estudo de uma metodologia para diagnosticar tumores por meio da biópsia líquida, tecnologia não invasiva e, por isso, com risco mínimo, que só demanda o exame de sangue do paciente. Os resultados foram apresentados nesta segunda-feira, 26 de julho, pela equipe liderada pelo diretor de Pesquisa do IEC Vivaldo Moura Neto, durante visita às dependências do IEC realizada pelo secretário de Estado de Ciência, Tecnologia e...

(Para continuar a ler a notícia, clique em "Mais...")
Publicado: 2021-07-30Mais...