Revista Sustinere

A Revista SUSTINERE (SUST) tem por objetivo a publicação de contribuições nacionais e internacionais acadêmicas, técnicas e científicas que articulem temas interdisciplinares e transdisciplinares relativos à Saúde e Educação em suas interfaces com a sociedade, a ciência, o meio ambiente e a tecnologia. São aceitos artigos em português, inglês e espanhol.

e-ISSN: 2359-0424 | Ano de criação: 2013 | Área do conhecimento: Multidisciplinar | Qualis: B1 (Ensino), B4 (Enfermagem; Interdisciplinar), B5 (Arquitetura, Urbanismo e Design; Ciências Ambientais; Engenharias I; Engenharias III), C (Biodiversidade)


SUSTINERE: Revista de Saúde e Educação

Endereços para contato: SUSTINERE – Revista de Saúde e Educação

EMAIL: sustinere.ouerj@gmail.com

Editora da Universidade do Estado do Rio de Janeiro - EdUERJ
Rua São Francisco Xavier, 524 , Setor -E,
Maracanã. CEP: 20550-900
Tel.: 2334-0720 – Rio de Janeiro/RJ

 
(Clique na logo para ver nossa classificação)



SUSTINERE
nas redes sociais:
  Resultado de imagem para blogger icon  Resultado de imagem para facebook icone

 

Para acessar a edição atual clique aqui.

 

Notícias

 

Projeto: Diagnóstico da Geração e Tratamento do Lixiviado de Aterros Sanitários do Estado do Rio de Janeiro (PIC UVA)

Justificativa: Segundo Weetman (2019, p. 31), a população mundial cresceu exponencialmente nas últimas décadas, saltando de 3,3 bilhões de habitantes para 7,2 bilhões em 2015. Este crescimento impulsionou o comércio global, o processo de urbanização, o processo de industrialização e a degradação ambiental. A concentração de capital acirrou pressões ambientais e as injustiças sociais. A lógica da economia linear, “extrair, produzir, comercializar e descartar” vem gerando sobrecargas ecológicas sem precedentes, levando ao cenário de caos...

(Para continuar a ler a notícia, clique em "Mais...")
Publicado: 2022-05-18Mais...
 

Projeto: Diagnóstico da Disposição Final de Resíduos Sólidos Urbanos (RSU) no Estado

Justificativa: Segundo Weetman (2019, p. 31), a população mundial cresceu exponencialmente nas últimas décadas, saltando de 3,3 bilhões de habitantes para 7,2 bilhões em 2015. Este crescimento impulsionou o comércio global, o processo de urbanização, o processo de industrialização e a degradação ambiental. A concentração de capital acirrou pressões ambientais e as injustiças sociais. A lógica da economia linear, “extrair, produzir, comercializar e descartar” vem gerando sobrecargas ecológicas sem precedentes, levando ao cenário de caos...

(Para continuar a ler a notícia, clique em "Mais...")
Publicado: 2022-05-18Mais...
 

Observatório da Gestão Integrada de Resíduos Sólidos do Estado do Rio de Janeiro

 No dia 19 de maio de 2022, das 18h às 21h, no Auditório do Campus Tijuca da Universidade Veiga de Almeida (UVA) será realizado o “IV Simpósio de Planejamento e Gestão Ambiental da UVA”. Nesta edição serão abordadas diferentes "Perspectivas do Novo Plano Nacional de Resíduos Sólidos".   A programação do evento incluirá: • Palestra 1: “O Novo Plano Nacional de Resíduos” a ser proferida pelo Dr. André França, Secretário Nacional de Qualidade Ambiental do Ministério do Meio Ambiente. • Palestra 2: “Desafios do Novo Plano Nacional...

(Para continuar a ler a notícia, clique em "Mais...")
Publicado: 2022-05-18Mais...
 

A Lucid lança o Lucidspark, um aplicativo de quadro branco virtual, ampliando seu conjunto de recursos de colaboração visual

Sobre o Lucidspark O Lucidspark é um quadro branco virtual online, onde as equipes podem trabalhar juntas de forma criativa e em tempo real. O Lucidspark faz parte do conjunto de recursos de colaboração visual da Lucid. A ferramenta permite que as equipes façam brainstorming, colaborem entre si, compatibilizem novas ideias e coloquem o pensamento coletivo em prática. Os produtos da Lucid são utilizados em mais de 180 países e por mais de 30 milhões de usuários. Noventa e nove por cento das empresas Fortune 500 usam...

(Para continuar a ler a notícia, clique em "Mais...")
Publicado: 2022-05-17Mais...
 

ATS 2022: inibidores de fosfodiesterase 4 para fibrose pulmonar idiopática

 A fibrose pulmonar idiopática (FPI) é, por definição, sempre progressiva. Diversas drogas testadas atualmente não encontraram benefício na evolução da doença, sendo os antifibróticos as únicas medicações que realmente impactam a progressão. Durante o congresso da American Thoracic Society (ATS 2022), foi apresentado, pelo autor Prof. Luca Richeldi, um trabalho utilizando inibidores de fosfodiesterase 4 em pacientes com FPI. Inibidores de fosfodiesterase 4 Neste estudo de fase 2, duplo-cego, controlado por placebo, foi testada a eficácia...

(Para continuar a ler a notícia, clique em "Mais...")
Publicado: 2022-05-17Mais...
 

ATS 2022: destaques da sessão Year in Review

A clássica sessão Year in Review do congresso da American Thoracic Society (ATS 2022) atrai milhares de pessoas todos os anos. Durante o evento são relembrados diversos estudos que marcaram o ano, além de perspectivas para os próximos estudos. Destaques da oncologia Nova indicação de rastreio para câncer de pulmão: passou a ser realizada entre 50 e 80 anos de idade, com carga tabágica igual ou superior a 20 anos/maço e ex-tabagistas que deixaram de fumar até 15 anos. A tomografia de tórax deve ser realizada anualmente. O câncer de pulmão é o...

(Para continuar a ler a notícia, clique em "Mais...")
Publicado: 2022-05-17Mais...
 

Úlcera Infecciosa: panorama clínico [podcast]

A úlcera infecciosa ocular tem diferentes etiologias, e a mais comum é a úlcera ou ceratite bacteriana. O episódio desta semana do podcast do Whitebook convidou a especialista em Oftalmologia Dra. Juliana Rosa para abordar os tipos e a apresentação clínica da doença. A ceratite bacteriana é uma infecção que acomete a córnea. Normalmente, ela se desenvolve quando já há quebra do epitélio corneano, mas algumas bactérias são capazes de atravessar o epitélio íntegro. Algumas delas são: N. gonorrhoeae, N. meningitidis, C. diphtheriae e H....

(Para continuar a ler a notícia, clique em "Mais...")
Publicado: 2022-05-17Mais...
 

Hepatectomias direitas: cirurgia robótica ou laparoscópica?

Cada vez mais cirurgias de grande porte são aceitas e realizadas por métodos minimamente invasivos. A laparoscopia e a cirurgia robótica tem evoluído tanto suas técnicas que hoje em dia a maior parte dos procedimentos podem ser realizados por uma das técnicas. Os procedimentos de maior porte sofrem alguma resistência nesta transição, especialmente pela dificuldade técnica e curva de aprendizado existente nas cirurgias com portais. Com o implemento da cirurgia robótica se discute se a plataforma robótica poderia suplantar ainda mais o benefício...

(Para continuar a ler a notícia, clique em "Mais...")
Publicado: 2022-05-16Mais...