Revista Sustinere

A Revista SUSTINERE (SUST) tem por objetivo a publicação de contribuições nacionais e internacionais acadêmicas, técnicas e científicas que articulem temas interdisciplinares e transdisciplinares relativos à Saúde e Educação em suas interfaces com a sociedade, a ciência, o meio ambiente e a tecnologia. São aceitos artigos em português, inglês e espanhol.

e-ISSN: 2359-0424 | Ano de criação: 2013 | Área do conhecimento: Multidisciplinar | Qualis: B1 (Ensino), B4 (Enfermagem; Interdisciplinar), B5 (Arquitetura, Urbanismo e Design; Ciências Ambientais; Engenharias I; Engenharias III), C (Biodiversidade)


SUSTINERE: Revista de Saúde e Educação

Endereços para contato: SUSTINERE – Revista de Saúde e Educação

EMAIL: sustinere.ouerj@gmail.com

Editora da Universidade do Estado do Rio de Janeiro - EdUERJ
Rua São Francisco Xavier, 524 , Setor -E,
Maracanã. CEP: 20550-900
Tel.: 2334-0720 – Rio de Janeiro/RJ

 
(Clique na logo para ver nossa classificação)



SUSTINERE
nas redes sociais:
  Resultado de imagem para blogger icon  Resultado de imagem para facebook icone

 

Para acessar a edição atual clique aqui.

 

Notícias

 

Mestrado em Divulgação da Ciência, Tecnologia e Saúde

Estão abertas as inscrições para a turma 2021 do Mestrado em Divulgação da Ciência, Tecnologia e Saúde da Casa de Oswaldo Cruz (COC/Fiocruz), em parceria com o Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro, o Museu de Astronomia e Ciências Afins (Mast), a Fundação Cecierj e a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). O prazo de inscrição vai até 9 de outubro de 2020. Saiba mais na página do Programa de Programa de Pós-Graduação em Divulgação da Ciência, Tecnologia e Saúde. Autor: Fiocruz Fonte: Fiocruz Sítio Online da...

(Para continuar a ler a notícia, clique em "Mais...")
Publicado: 2020-08-14Mais...
 

Covid-19: Fiocruz faz inquérito com pacientes com tuberculose

Referência nacional no atendimento de pacientes com tuberculose (TB) e tuberculose multirresistente, o Centro de Referência Professor Hélio Fraga (CRPHF) da Escola Nacional de Saúde Pública (Ensp/Fiocruz) dará início, no mês de agosto, à realização de um inquérito sorológico e do diagnóstico molecular da Covid-19 nos pacientes atendidos pelo ambulatório. O inquérito sorológico permitirá avaliar quantos de seus pacientes já tiveram contato com o novo coronavírus, enquanto a realização da testagem RT-PCR possibilitará o acesso mais rápido ao...

(Para continuar a ler a notícia, clique em "Mais...")
Publicado: 2020-08-14Mais...
 

Circulação e divulgação das ciências no Brasil: (re)inventando vidas

Artigo | Alan Alves-Brito, professor do Instituto de Física e diretor do Observatório Astronômico da UFRGS, aponta as condições para que a ciência assuma um papel transformador As ciências são uma das grandes realizações da criatividade humana que, entrelaçadas às tecnologias, têm transformado a vida das pessoas. Embora não haja consenso na literatura sobre a melhor maneira de abordá-las, comunicá-las ou divulgá-las — se do ponto de vista teórico, técnico-experimental, histórico, filosófico, sociológico, antropológico, artístico ou cultural...

(Para continuar a ler a notícia, clique em "Mais...")
Publicado: 2020-08-14Mais...
 

Casos de síndrome respiratória aguda grave podem indicar subnotificação da Covid-19

Foto: Montagem sobre Peter Ilicciev/Fiocruz e gráfico de Reprodução/Revista Nature Aumento do número de casos da síndrome entre pessoas de baixa renda indica que notificação da covid-19 pode estar subestimada no Brasil, diz estudo publicado na Nature Por Júlio Bernardes, do Jornal da USP No Brasil, a covid-19 se espalhou mais rapidamente que na Europa no primeiro mês de epidemia, e o aumento do número de casos de síndrome respiratória aguda grave (SRAG) entre pessoas de baixa renda indica uma possível subnotificação da doença no País. As...

(Para continuar a ler a notícia, clique em "Mais...")
Publicado: 2020-08-13Mais...
 

Novo estudo apóia as previsões de que o Ártico poderá ficar livre do gelo marinho em 2035

British Antarctic Survey (BAS)* As altas temperaturas no Ártico durante o último período interglacial – o período quente de cerca de 127.000 anos atrás – intrigam os cientistas há décadas. Agora, o modelo climático Hadley Center do UK Met Office permitiu a uma equipe internacional de pesquisadores comparar as condições do gelo do mar Ártico durante o último período interglacial com os dias atuais. Suas descobertas são importantes para melhorar as previsões de futuras mudanças no gelo marinho. Durante a primavera e o início do verão, piscinas...

(Para continuar a ler a notícia, clique em "Mais...")
Publicado: 2020-08-13Mais...
 

Saúde reforça assistência a indígenas durante pandemia do coronavírus

Ministério da Saúde investiu cerca de R$ 70 milhões em ações específicas de proteção aos indígenas para enfrentamento da Covid-19. Cerca de 1 milhão de itens entre equipamentos e insumos foram enviados aos 34 DSEI do país O governo do Brasil tem garantido assistência aos mais de 750 mil indígenas brasileiros aldeados durante a pandemia da Covid-19. O Ministério da Saúde, por meio da Secretaria Especial de Saúde Indígena (SESAI), reforçou o atendimento desde o início do ano, antes mesmo do decreto de pandemia pela Organização Mundial da Saúde...

(Para continuar a ler a notícia, clique em "Mais...")
Publicado: 2020-08-10Mais...
 

A segunda onda da covid-19 no Irã e um alerta para o Brasil

Artigo de José Eustáquio Diniz Alves O Irã foi um dos primeiros países fortemente atingidos pela pandemia. Mas ao contrário da China (epicentro original do surto da covid-19), o Irã teve uma segunda onda que tem sido muito maior do que a primeira. O país já vive quase 6 meses de descontrole do número de pessoas infectadas e do número de vidas perdidas. Os primeiros dois casos do novo coronavírus foram registrados no dia 19 de fevereiro de 2020 na cidade de Qom. E no mesmo dia o Ministério da Saúde do Irã disse que ambos tinham morrido. No...

(Para continuar a ler a notícia, clique em "Mais...")
Publicado: 2020-08-07Mais...
 

Peritos criminais criam projeto para aprimorar investigação de crimes de violência sexual

Priscila Torres, chefe do laboratório, e Arthur Prates, um dos administradores do banco genético do IPPGF, fazem extração de DNA (Fotos: Divulgação) Se a pandemia pode ter contribuído para agravar a situação de violência contra a mulher no País em razão, principalmente, do isolamento social de casais e familiares, dados do último Anuário Brasileiro de Segurança Pública, divulgados em setembro de 2019, reforçam que a violência acontece principalmente dentro de casa. Em 2018, foram registradas 263.067 denúncias de violência doméstica, que...

(Para continuar a ler a notícia, clique em "Mais...")
Publicado: 2020-08-07Mais...