Revista Sustinere

A Revista SUSTINERE (SUST) tem por objetivo a publicação de contribuições nacionais e internacionais acadêmicas, técnicas e científicas que articulem temas interdisciplinares e transdisciplinares relativos à Saúde e Educação em suas interfaces com a sociedade, a ciência, o meio ambiente e a tecnologia. São aceitos artigos em português, inglês e espanhol.

e-ISSN: 2359-0424 | Ano de criação: 2013 | Área do conhecimento: Multidisciplinar | Qualis: B1 (Ensino), B4 (Enfermagem; Interdisciplinar), B5 (Arquitetura, Urbanismo e Design; Ciências Ambientais; Engenharias I; Engenharias III), C (Biodiversidade)


SUSTINERE: Revista de Saúde e Educação

Endereços para contato: SUSTINERE – Revista de Saúde e Educação

EMAIL: sustinere.ouerj@gmail.com

Editora da Universidade do Estado do Rio de Janeiro - EdUERJ
Rua São Francisco Xavier, 524 , Setor -E,
Maracanã. CEP: 20550-900
Tel.: 2334-0720 – Rio de Janeiro/RJ

 
(Clique na logo para ver nossa classificação)



SUSTINERE
nas redes sociais:
  Resultado de imagem para blogger icon  Resultado de imagem para facebook icone

 

Para acessar a edição atual clique aqui.

 

Notícias

 

Hepatite autoimune: dose da predniso(lo)na faz diferença no tratamento?

A hepatite autoimune (HAI) é uma doença crônica de etiologia desconhecida caracterizada pelo ataque das células T ao fígado, o que ocasiona em um processo necroinflamatório progressivo. A HAI acomete geralmente as mulheres, em uma proporção de três a quatro para cada paciente homem. A terapia-ouro para o controle deste tipo de hepatite é por meio da administração de predniso(lo)na seguida pela adição de azatioprina, duas semanas após a administração do primeiro fármaco. Consenso na dosagem da predniso(lo)na no tratamento da hepatite...

(Para continuar a ler a notícia, clique em "Mais...")
Publicado: 2019-01-17Mais...
 

AVC isquêmico: escore PREMISE é confiável na previsão do risco de morte?

O Acidente Vascular Cerebral (AVC) é uma das principais causas de debilidade em adultos, e a segunda maior causa de morte em todo mundo. A importância do conhecimento quanto prognósticos desfavoráveis, incluindo a morte, é especialmente aumentada nos dias após o evento agudo. Impacta no manejo e decisões clínicas, como necessidade de prolongar monitorização, até a eventual escolha por retirada de terapias. Além disso, permitiria uma comunicação mais clara entre prestadores de assistência e familiares sobre o possível desfecho do paciente que...

(Para continuar a ler a notícia, clique em "Mais...")
Publicado: 2019-01-17Mais...
 

Diabetes: como é o manejo do controle glicêmico em cirurgias eletivas?

O jornal britânico New England Journal of Medicine lançou este mês uma abordagem fácil e objetiva do manejo glicêmico perioperatório em pacientes diabéticos que são submetidos a cirurgias eletivas. Acompanhe abaixo as dicas clínicas do que é fundamental acompanhar antes, durante e depois do procedimento programado do seu paciente: Pré operatório: Checar hemoglobina glicada em todos os pacientes diabéticos. Se HbA1c> 8%, avaliar suspensão temporária do procedimento eletivo. Hiperglicemias severas (glicose > 250mg/dl), com ou sem acidose...

(Para continuar a ler a notícia, clique em "Mais...")
Publicado: 2019-01-17Mais...
 

Saiba como é o uso do cateter nasal de alto fluxo na pediatria

Pacientes pediátricos com hipoxemia devido a um quadro respiratório agudo requerem, muitas vezes, o uso de oxigênio inalatório, que pode ser administrado através de uma cânula nasal ou de uma máscara facial. A concentração de oxigênio no gás inspirado aumenta de acordo com elevação do fluxo de oxigênio e com a redução do ar atmosférico durante a respiração. No entanto, gases medicinais, como o oxigênio, são substâncias desidratadas: o seu uso prolongado pode provocar ressecamento e irritação de mucosas, prejudicando o transporte mucociliar....

(Para continuar a ler a notícia, clique em "Mais...")
Publicado: 2019-01-17Mais...
 

ONU adverte sobre o aumento dos níveis de salmoura tóxica na medida em que cresce o número de usinas de dessalinização

As 16.000 usinas de dessalinização do mundo descarregam 142 milhões de metros cúbicos de salmoura por dia – 50% a mais que o estimado anteriormente; Chega em um ano para cobrir a Flórida sob 30,5 cm de salmoura UNU Institute for Water, Environment and Health* O número crescente de usinas de dessalinização em todo o mundo – agora quase 16.000, com capacidade concentrada no Oriente Médio e Norte da África – sacia uma sede crescente por água doce, mas também cria um dilema salgado: como lidar com toda a salmoura remanescente de produtos...

(Para continuar a ler a notícia, clique em "Mais...")
Publicado: 2019-01-15Mais...
 

Controle e redução da poluição ambiental, artigo de Roberto Naime

A poluição pode ser entendida como qualquer alteração em um meio, de modo a tornar o ambiente deletério ou prejudicial ao ser humano ou a qualquer forma de vida que este ambiente normalmente abriga, ou que prejudique uma funcionalidade de vida. Qualquer mudança em um ambiente, resultante da introdução de poluentes na forma de matéria ou energia, pode ser entendida como poluição. Geralmente, associa-se a poluição aos malefícios que possam ser causados ao homem. No entanto, ela pode resultar em danos a fauna e a flora, e até mesmo ao meio...

(Para continuar a ler a notícia, clique em "Mais...")
Publicado: 2019-01-15Mais...
 

O Ministério da Saúde esclarece que o caso no município de São Gonçalo (RJ) não foi confirmado para peste bubônica

O caso não atende à definição de caso suspeito, ou seja, o quadro clínico apresentado pela paciente não se enquadra na definição de caso suspeitos para peste bubônica. O Laboratório Central de Saúde Pública (LACEN) do estado do Rio de Janeiro refez a análise e identificou a bactéria Morganella morganni, bactéria oportunista comum no ambiente e nas pessoas. Trata-se de um microrganismo amplamente distribuído no meio ambiente e não causa infecções em indivíduos com boa imunidade. Em pessoas com comprometimento imunológico, pode causar infecções...

(Para continuar a ler a notícia, clique em "Mais...")
Publicado: 2019-01-15Mais...
 

Peste bubônica: quando suspeitar da doença?

A peste bubônica, uma das doenças mais devastadoras na humanidade, voltou aos noticiários. Na última semana, em vários jornais, tem sido comentada a internação de uma paciente com 57 anos, no Hospital Luiz Palmier, em São Gonçalo (RJ), com a presença da bactéria Yersinia pestis, causadora da peste bubônica. Os exames ainda serão reavaliados pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e a paciente segue em isolamento. Segundo a Secretaria, “a mulher deu entrada no dia 22 de dezembro no Hospital Luiz Palmier, com quadro de insuficiência cardíaca e foi...

(Para continuar a ler a notícia, clique em "Mais...")
Publicado: 2019-01-14Mais...