EMOÇÕES COTIDIANAS: MOVIMENTOS DE UMA PESQUISA

Rafael Marques Gonçalves

Resumo


Neste artigo apresento um pouco das emoções e movimentos de uma pesquisa desenvolvida a partir de um mergulho (ALVES, 2008) no/do/com o cotidiano da educação em tempo integral da Escola Municipal Bom Pastor, inserida na Rede de ensino de Juiz de Fora – MG. O objetivo da pesquisa era perceber quais as potencialidades emergiam dos fazeressaberes tecidos pelos sujeitos praticantes do ordinário (CERTEAU, 1994) e como tais práticas poderiam ser vislumbradas como alternativas emancipatórias de uma educação integral. Portanto, abordo em um primeiro momento os movimentos necessários que lanço mão na pesquisa, e no segundo alguns conhecimentos, potências e alternativas tecidos no cotidiano escolar, face às emoções que nos cercaram e tantas outras que ainda me produzem os encantamentos que me movem, tecem e, por que não, desestruturam e desestabilizam as muitas certezas trazidas de outras experiências e de outros espaçostempos.

 


Palavras-chave


Práticas cotidianas; Cotidiano Escolar; Currículos

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 1518-5370 [impresso] • 1982-0305 [eletrônico]
Teias, uma publicação eletrônica do Programa de Pós-Graduação em Educação – ProPEd/UERJ
Qualis/Capes - A2 (2017/2018) 
DOI: 10.12957/teias

 

Licença Creative Commons

Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional