Revista Maracanan

Revista Maracanan é a publicação científica editada pelo corpo docente do Programa de Pós-graduação em História da Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Seu primeiro número foi impresso em 1999; a partir de 2014, passou para o formato eletrônico; e, a partir de 2019, ganhou publicação quadrimestral, com edições em janeiro, maio e setembro. São bem-vindos trabalhos originais desenvolvidos por pesquisadores-doutores vinculados a instituições do Brasil e do exterior. Artigos, traduções, resenhas, entrevistas e notas de pesquisas, recebidos em fluxo contínuo, compõem cada número em conjunto com um dossiê.

e-ISSN: 2359-0092 | ISSN: 1807-989X | Ano de criação: 1999 - impresso, 2014 - eletrônico | Área do conhecimento: História | Qualis: B2 (História)


Submissões e Diretrizes para Autores

 

Próximos Temas:

23 (2020) - "História da propriedade e do direito de acesso"

Chamada: 1 fev. - 15 Set. 2019 | Publicação: jan. 2020.

24 (2020) - "A cidade e suas imagens"

Chamada: 1 set. - 30 dez. 2019 | Publicação: maio. 2020.

25 (2020) - Tema Livre / Sem Tema

Chamada: 1 jan. - 30 abr. 2020 | Publicação: set. 2020

Notícias

 

Edital de Seleção de Dossiês

 
Edital de Seleção de dossiês temáticos para as edições n. 25 (set. 2020), n. 26 (jan. 2021), n. 27 (maio 2021) e n. 28 (set. 2021).  
Publicado: 2019-08-15 Mais...
 

Chamada Aberta: Dossiê "A cidade e suas imagens"

 

A definição de “cidade” e “imagem” não é tarefa epistemológica simples e o cruzamento das apreensões já propostas pode levar a um labirinto tão desafiador quanto atraente. São duas coordenadas complexas, cujas relações desenham planos intrincados, exigindo uma abordagem multidisciplinar. Observadas a partir da modernidade, cidade e imagem também ensejaram reflexões sobre a subjetividade moderna e as novas formas de estar no mundo, interpretá-lo e representá-lo. Nesse sentido, as cidades em ampliação e transformação foram largamente fixadas em imagens cada vez mais várias e complexas, um processo que não ficou de fora do conjunto de interesses dos historiadores.

O dossiê proposto se interessa por pesquisas que tenham esses encontros como foco. Em seu escopo, cabe qualquer cidade – real, imaginária e tudo que há entre os extremos –, pensada a partir de qualquer imagem (cartográfica, artística, fotográfica, cinematográfica, televisiva, midiática, digital).

Prazo para submissões: 31 dez. 2019.

Lançamento da edição: Maio 2020.

 
Publicado: 2019-08-15 Mais...
 
Outras notícias...

n. 22 (2019): As vidas abertas da América Latina: escritas (auto)biográficas


Capa da revista