O PERFIL NECESSÁRIO AO PROFESSOR FRENTE À INFLUÊNCIA DA CIBERCULTURA NO CONTEXTO EDUCACIONAL

Rejuany Nora Klein da Silva

Resumo


Vivemos numa sociedade em rede na qual as informações são difundidas rapidamente por meio das relações entre pessoas e tecnologias digitais. Tais relações provocam potenciais mudanças em todas as esferas da sociedade, visto que com as tecnologias digitais surge uma nova formação cultural. Isto porque cada novo meio de comunicação traz consigo um ciclo cultural que lhe é próprio. Nesse contexto, se torna onipresente na atual sociedade a cibercultura, a qual é a cultura contemporânea estruturada pela utilização das tecnologias digitais em rede nas esferas do ciberespaço e do espaço urbano. Esta formação cultural traz novas demandas para a educação, pois faz emergir novas relações com o saber e exige uma nova postura dos profissionais da educação. Desse modo, consideramos nesse artigo um breve histórico da cibercultura, sua definição e a sua relação com a educação, a necessidade de um novo perfil do professor frente à influência da cibercultura no contexto educacional e como sua formação pode lhe auxiliar a ter este novo perfil.

Palavras-chave


cibercultura; educação; professor.

Texto completo:

PDF

Referências


CASTELLS, Manuel. A sociedade em rede: a era da informação: Economia, Sociedade e Cultura. São Paulo: Paz e Terra, 1999, Vol. I.

COUTINHO, Clara; LISBÔA, Eliana. Sociedade da informação, do conhecimento e da aprendizagem: desafios para a educação no século XXI. In: Revista de Educação, vol. XVIII, n.º 1, 2011, p. 5-22.

DELORS, Jacques. Educação: um tesouro a descobrir: relatório para a Unesco da Comissão Internacional sobre Educação para o século XXI. 4. ed. São Paulo: Cortez, 2000.

DEMO, Pedro. Educar pela pesquisa. 7 ed. Campinas, SP: Autores Associados, 2005.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 2010.

LEMOS, André; CUNHA, Paulo (orgs). Olhares sobre a Cibercultura. Porto Alegre: Sulina, 2003.

LEMOS, André. Cibercultura, tecnologia e vida social na cultura contemporânea. Porto Alegre: Sulina. 2002.

LEMOS, André. Cibercultura e mobilidade: a era da conexão. Revista eletrônica Razón y palabra, n. 41, 2004, outubro - novembro. Disponível em http://www.facom.ufba.br/ciberpesquisa/andrelemos/cibermob.pdf. Acesso 30 agosto 2019.

LÉVY, Pierre. As tecnologias da inteligência: o futuro do pensamento na era da informática. São Paulo: Ed. 34, 1996.

LÉVY, Pierre. Cibercultura. São Paulo: Ed. 34, 1999.

LUZ, Gizeli; GESSER, Verônica. O currículo da formação inicial de professores: compromisso com a formação de um professor-pesquisador. In: Contrapontos, vol. 6, n. 3, p. 413-422, Itajaí, set. / dez. 2006.

MARTINEZ, Suzana Riquelme Moreno; PERIC, Raja Bou Assi. As Exigências Educacionais para o Mercado de Trabalho no Século XXI. Disponível em http://www.revistainterfaces.com.br/Edicoes/1/1_4.pdf. Acesso em 21 abril 2019.

MALANCHEN, Julia. O conceito de cultura: definição e compreensão a partir da teoria marxista. Disponível em http://www.histedbr.fae.unicamp.br/acer_histedbr/jornada/jornada11/artigos/3/artigo_simposio_3_945_julia_malanchen@hotmail.com.pdf. Acesso em 24 abril 2019.

MENDONÇA, Rosa Helena; MARTINS, Magda Frediani. Apresentação. In: TV, educação e formação de professores: Salto para o futuro: 20 anos / Rosa Helena Mendonça, Marta Frediani Martins (org.). – Rio de Janeiro: ACERP; Brasília, DF: TV Escola, 2013, v. 4.

NÓVOA, Antônio. O professor pesquisador e reflexivo. Entrevista concedida em 13 de setembro de 2001. Disponível em http://www.tvbrasil.org.br/saltoparaofuturo/entrevista.asp?cod_Entrevista=59. Acesso em 10 julho 2019.

OLIVERI, Andressa Maris Rezende; COUTRIM, Rosa Maria da Exaltação; NUNES, Celia Maria. Como se forma o professor pesquisador? Primeiras aproximações a partir de um estudo de caso. In: Educação em Perspectiva, Viçosa, v. 1, n. 2, p. 293-311, jul. / dez. 2010.

PRETTO, Nelson. Professores-autores em rede. In: Recursos Educacionais Abertos: práticas colaborativas e políticas públicas / Bianca Santana, Carolina Rossini, Nelson de Luca Pretto (orgs.). São Paulo / Salvador, 2012.

PRETTO, Nelson; BONILLA, Maria Helena. Construindo redes colaborativas para a educação. Revista Fonte, n. 8: Belo Horizonte, 2008, p. 83-87.

SANTAELLA, Lúcia. Da cultura das mídias à cibercultura: o advento do pós-humano. Revista Famecos, n. 22: Porto Alegre, 2003, p. 23-32.

SANTAELLA, Lúcia. Linguagens líquidas na era da mobilidade. São Paulo: Paulus, 2007.

SANTOS, Edméa Oliveira dos. A cibercultura e a educação em tempos de mobilidade e redes sociais: conversando com os cotidianos. In: Práticas Pedagógicas, Linguagem e Mídias: desafios à Pós-graduação em Educação em suas múltiplas dimensões / Helena Amaral da Fontoura e Marco Silva (orgs.). Rio de Janeiro: ANPEd Nacional, 2011.

SANTOS, Edméa Oliveira dos. Educação online: cibercultura e pesquisa-formação na prática docente. Salvador, Tese de doutorado apresentada na FACED-UFBA, 2005 [Orientador: Prof. Dr. Roberto Sidney Macedo].

SANTOS, Edméa Oliveira dos. A cibercultura na era das redes sociais e da mobilidade: novas potencialidades para a formação de professores. Disponível em http://docenciaonline.pro.br/moodle/file.php/30/Selic2011-projeto-edmeasantos3.pdf. Acesso em 14 julho 2019.

SANTOS, Edméa. Pesquisa-formação na cibercultura. 1ª ed. Santo Tirso: Whitebooks, 2014.

SCHAFRANSKI, Márcia Derbli. A educação e as transformações da sociedade. Disponível em http://www.revistas2.uepg.br/index.php/humanas/article/viewFile/550/549. Acesso em 23 abril 2019.

SILVA, Edna Lúcia da; CUNHA, Miriam Vieira da. A formação profissional no século XXI: desafios e dilemas. Disponível em http://www.scielo.br/pdf/ci/v31n3/a08v31n3.pdf. Acesso em 23 abril 2019.

SILVA, Marco. Sala de aula interativa. Rio de Janeiro: Quartet, 2000.

SILVA, Marco. Reinventar a sala de aula na cibercultura. Pátio Revista Pedagógica, ano VII, nº 26 maio/julho 2003.

TORQUATO, Emanuel Marcondes de Souza. Cibercultura e educação: reflexões sobre o papel do professor. In: Caderno de Cultura e Ciência, Ano VII, v. 11, n. 2, dez., 2012.




DOI: https://doi.org/10.12957/redoc.2020.47919

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Indexadoxação:

           


 

Google Acadêmico::

 

(Citações /Métricas)

 

Visualizações:

 


Licença:

  Esta obra está licenciada com uma Licença  Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.