PROGRAMA DE EDUCAÇÃO PELO TRABALHO PARA A SAÚDE (PET-SAÚDE) E A FORMAÇÃO DO NUTRICIONISTA NUM CAMPUS DE INTERIORIZAÇÃO

Ana Eliza Port Lourenço, Amábela de Avelar Cordeiro, Jane de Carlos Santana Capelli, Renata Borba de Amorim Oliveira, Priscila Vieira Pontes, Maria Fernanda Larcher de Almeida, Laís Buriti de Barros

Resumo


Objetivos: Tendo como enfoque a formação do nutricionista, este artigo analisa a experiência de um grupo do Programa de Educação pelo Trabalho para a Saúde (PET-Saúde), da Universidade Federal do Rio de Janeiro, campus UFRJ-Macaé, vigência 2012-2014. Metodologia: O grupo desenvolveu atividades sobre nutrição na rede municipal de saúde. A concepção do PET-Saúde se deu no âmbito da extensão universitária, entendida como parte integrante e indissociável do ensino superior. As atividades de formação da equipe basearam-se no referencial teórico freiriano sobre problematização-reflexão. Foi feita análise de conteúdo para avaliar depoimentos de membros do grupo sobre a vivência no PET-Saúde. Resultados e discussão: O ponto forte da experiência foi o aprendizado fundamentado na prática e na troca de saberes, que beneficiou a formação de todos os atores. Tais benefícios contribuem para a formação do nutricionista, pois estreitam a distância entre o ensino acadêmico e a prática profissional. A experiência favoreceu maior engajamento social, autonomia, protagonismo, criticidade e alargamento da visão do acadêmico sobre as questões de saúde e nutrição no âmbito do Sistema Único de Saúde. Precisa-se pensar nos desdobramentos da experiência do PET-Saúde, em especial diante do atual cenário de transformação do ensino superior brasileiro. Conclusões: Ajustes curriculares e pedagógicos na formação do nutricionista podem ser pensados à luz desta experiência, de maneira a melhor incorporar demandas sociais e promover educação com potencial transformador. Nesse sentido, a experiência contribui com o movimento contra-hegemônico ao modelo de formação profissional voltado para o mercado capitalista.

DOI: 10.12957/demetra.2017.26214

 

 


Palavras-chave


Educação Superior; Extensão Comunitária; Nutrição em Saúde Pública; Promoção da Saúde; Hábitos Alimentares.

Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: https://doi.org/10.12957/demetra.2017.26214

e-ISSN: 2238-913X


Esta revista está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.