Intellèctus

A Intellèctus destina-se à publicação de pesquisas originais, estudos de historiografia e reflexões teórico-metodológicas relativas à História dos Intelectuais e à História Intelectual, bem como à divulgação de análises acerca da produção cultural dos países que compõem o universo da “Latinidade”.

e-ISSN: 1676-7640 | Ano de criação: 2002 | Área do conhecimento: História | Qualis: B3 (História)


Imagem para capa da revista

***** PRORROGADO *******

DOSSIÊ 2017/2: Intelectuais e a relação entre a Ibero-América e a Europa

Organização: Maria Manuela T. Ribeiro (Universidade de Coimbra), Maria Emília Prado (UERJ)

Num vasto contexto intelectual e cultural, as identidades europeia e latino-americana emergem como cadinho comum de várias interseções. Elas são produto de séculos de História. As mutações políticas, econômicas, sociais e culturais são podem ser, fatores de aproximação da Europa e da América Latina. Para legitimar a consolidação das relações Europa-América pode evocar-se a "comunidade de valores" que as une. Neste campo temático, as abordagens várias poderão analisar questões tão pertinentes como estas:

1. A Europa e a identidade plural da América Latina.

2. O discurso dos intelectuais e os laços culturais latino-americanos.

3. Cooperação dinâmica e criativa dos intelectuais nos domínios científicos, sociais, culturais e de educação.

Data limite para submissão de artigos: 15 de setembro de 2017

A Intellèctus também recebe textos de fluxo contínuo que compõem todos os números publicados na seção de artigos livres e de resenhas.

 

DOSSIÊ 2018/1: A Imprensa Negra e sua intelectualidade

Organização: Ana Flávia Cernic Ramos (Universidade Federal de Uberlândia - UFU) e Ana Flávia Magalhães Pinto (Pós-Douranda Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP)

Convidamos a comunidade acadêmica e demais pesquisadores/as a colaborar com este dossiê dedicado à imprensa negra e ao pensamento de intelectuais negros/as registrados nesses periódicos editados desde a primeira metade do século XIX no Brasil e em outras localidades das Américas. Sendo um elemento constitutivo das sociedades fundadas na escravidão de africanos e seus descendentes – a exemplo da brasileira −, o preconceito de cor, o ódio de raça ou o racismo serviu como mote para que homens e mulheres, em diferentes temporalidades, investissem na edição de periódicos para confrontar situações de discriminação e expor suas reflexões sobre suas vidas e o mundo no qual estavam inseridos/as. A variedade dos escritos incluiu artigos, ensaios, crônicas, contos, poesias e também outras expressões facultadas por suportes impressos, como o desenho e a fotografia. Esse vasto material disponível em arquivos públicos e acervos particulares oferece, por certo, múltiplas possibilidades de reconhecimento e análise da produção intelectual de pessoas de ascendência africana falando na primeira pessoa, seja a do singular ou a do plural. Encorajamos, portanto, historiadoras/es, cientistas sociais, comunicólogas/os, estudiosas/os da literatura, entre outras/os pesquisadoras/es, a enviar-nos suas contribuições, certas de que este dossiê contribuirá para as recentes revisões sobre o pensamento social no Brasil e nas Américas.

 

Data limite para submissão de artigos: 30 de março de 2018

A Intellèctus também recebe textos de fluxo contínuo que compõem todos os números publicados na seção de artigos livres e de resenhas.

Intelectuais e a relação entre a Ibero-América e a Europa - 2017 - 2

Maria Manuela T. Ribeiro ( Universidade de Coimbra)

Maria Emília Prado (UERJ)

Num vasto contexto intelectual e cultural, as identidades europeia e latino-americana emergem como cadinho comum de várias intersecções. Elas são produto de séculos de História. As mutações políticas, económicas, sociais e culturais são, podem ser, fatores de aproximação da Europa e da América Latina. Para legitimar a consolidação das relações Europa-América Latina pode evocar-ser a "comunidade de valores" e a cultura que as une.

Neste campo temático, abordagens várias poderão analisar questões tão pertinentes como estas:

- A Europa e a identidade plural da América Latina.

- O discurso dos intelectuais e os laços culturais latino-americanos

- Cooperação dinâmica e criativa dos intelectuais nos domínios científicos, sociais, culturais e de educação




Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

Grupos de Pesquisa:

Logo Gepisp
Financiamento:

Indexada em:

Open Academic Journals Index Dialnet