Educação em tempos pandêmicos: o uso do aplicativo WhatsApp como proposta de comunicação em aulas remotas

Autores

  • Gerusa Cabral Guerra SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DE OLINDA -PE Escola Margarida Alves - Base Rural
  • Josimar Alves SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DE OLINDA -PE Escola Margarida Alves - Base Rural
  • Roberta Barros de Oliveira Nascimento SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DE OLINDA -PE
  • Rosangela Renovato SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DE OLINDA -PE Escola Margarida Alves - Base Rural
  • Sebastiao da Silva Vieira UFPE http://orcid.org/0000-0003-3916-1461

DOI:

https://doi.org/10.12957/redoc.2021.53827

Palavras-chave:

Ensino-aprendizagem, WhatsApp, Atividades remotas, Ferramentas pedagógicas

Resumo

Este trabalho é resultado de uma prática pedagógica aplicada na Escola Margarida Alves – Base Rural em Olinda -PE. O estudo tem como objetivo criar estratégias pedagógica em tempos de pandemia como proposta de comunicação em aulas remotas através do aplicativo com alunos do Ensino fundamental I. Destacando as experiências dos professores da Escola Margarida Alves com o novo modelo de aula remota proposta pela escola. Ao compreender que as tecnologias de comunicação estão presentes na vida dos estudantes, tirar proveito desse contexto é possibilitar novos rumos no processo de ensinar e aprender na escola. Enquanto aplicativo de um celular, o WhatsApp pode ser utilizado para a criação de grupos de estudos de forma a contribuir para o processo de aprendizagem fora do espaço da sala de aula, rompendo com as barreiras do tempo e do espaço. Com o aplicativo WhatsApp o professor pode valer-se dessa ferramenta para orientar seus estudantes nas dúvidas de atividades de leitura, nos textos a serem discutidos, postando atividades, links, e vídeos e fotos como proposta de atividade, relatórios de estudo, bem como na correção e orientação de trabalhos, entre outras possibilidades. O uso do WhatsApp através da criação de grupos fechados, vem sendo uma importante ferramenta para a realização as aulas remotas, facilitando o processo de ensino e aprendizagem, uma vez que a muitos estudantes utilizam deste recurso para se comunicarem e entreterem, e é o recurso mais acessível na vida dos nossos estudantes.

Biografia do Autor

Gerusa Cabral Guerra, SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DE OLINDA -PE Escola Margarida Alves - Base Rural

SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DE OLINDA -PE

Josimar Alves, SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DE OLINDA -PE Escola Margarida Alves - Base Rural

Formada em pedagogia.

Roberta Barros de Oliveira Nascimento, SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DE OLINDA -PE

Possui graduação em Pedagogia pela Universidade Católica de Pernambuco (1990). Mestrado em Ciências da Educação pela Universidade Evangélica do Paraguaí (2015) com Diploma revalidado pela UFRN. Especialização em Associativismo pela Universidade Federal de Pernambuco (1993). Pós graduada no curso Família e Realidade Social pela (FAFIRE) 2003. Especialização em Psicopedagogia - Ciclos de Estudos e Debates (1997). Professora Formadora da Educação Infantil da Rede Municipal de Olinda -PE. Atuou como professora do programa de aceleração de estudo de Pernambuco (2008 a 2010). Coordenou o programa Mais Educação pela Prefeitura Municipal de Olinda (2013 a 2014). É professora Titular da Rede Municipal de Olinda -PE, atua como professora formadora pela Secretaria de Educação do Município de Olinda -PE. Professora organizadora do Projeto Pontinhos de Leitura desenvolvido em 2015. Atualmente é voluntária do Centro de atendimento a meninos e meninas e professora efetiva da Prefeitura Municipal de Olinda. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em educação, atuando principalmente no seguinte tema: crianças e adolescentes. Pesquisadora na área de leitura e escrita em sala de aula. Participou como expositora do 5º Encontro de troca de Experiência da Educação Infantil da Prefeitura Municipal de Olinda (dezembro/2018)

Rosangela Renovato, SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DE OLINDA -PE Escola Margarida Alves - Base Rural

formada em pedagogia

Sebastiao da Silva Vieira, UFPE

Mestre na linha de pesquisa Educação Tecnológica pela Universidade Federal de Pernambuco - EDUMATEC UFPE (2017). Especialista em Pedagogia Empresarial pela Centro Universitário Uninabuco (2010). Graduado em Pedagogia pela Faculdade de Ciências Humanas e Sociais de Igarassu FACIG (2008). Técnico em Informática (Desenvolvimento de Software), pela Escola Técnica Estadual Professor Agamemnon Magalhães, ETEPAM. (2014-2015). Técnico em Multimeios Didáticos (2017-2018). Formado em Tutoria para atuação em EAD, Curso de Extensão Universitária pela Universidade Federal Fluminense - UFF: RJ, (2009). Professor efetivo da Rede Municipal da Prefeitura do Paulista -PE. Possui experiência no Ensino Superior, tendo lecionado nos cursos de Licenciatura em Pedagogia e de letras da UAB/UFRPE, na disciplina Fundamentos Filosóficos, Históricos e Sociológicos da Educação no pólo Trindade PE (2010) e Educação Inclusiva (2011) no curso de Letras no Pólo Afrânio - PE e UAB/ UFPE e CONECT[e] INOVAÇÃO EDUCACIONAL no curso de formação em Ead para tutores . Tem desenvolvido pesquisas e projetos Educacionais nos seguintes campos de saber: Tecnologia digitais na Educação, Produção de Vídeos digitais, Jogos digitais, lógica e programação, pensamento computacional, Cultura popular e Folkcomunicação e Cultura Maker. Conta com trabalhos publicados em congressos, revistas e periódicos. Já desenvolveu pesquisas e projetos educacionais na área de tecnologias educacionais nas cidades de: Itamaracá, Araçoiaba, Itapissuma, Igarassu, Olinda, Paulista e Jaboatão dos Guararapes. Atualmente vem pesquisando sobre Cultura Maker, aprendizagem significativa e conceitos científicos por meio das Tecnologias digitais.

Referências

ALMEIDA, Maria Elizabeth Bianconcini de. Educação a distância na internet: abordagens e contribuições dos ambientes digitais de aprendizagem. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 29, n. 2, p. 327-340, 2003. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/ep/v29n2/a10v29n2.pdf. Acesso em: 23 abr. 2020.

BACICH, Lilian. TANZI NETO, Adolfo. TREVISANI, Fernando de Mello. Ensino híbrido:personalização e tecnologia na educação. Porto Alegre: Penso, 2015

BUENO, Marcos. Programas de qualidade no setor avícola brasileiro: o caso da granja planalto. 2002. 197f. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Produção) – Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2002.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do Oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987.

LARA, Ellys Marina de Oliveira; LIMA, Valéria Vernaschi; MENDES, Juliana Delalibera; RIBEIRO, Eliana Claudia Otero; PADILHA, Roberto de Queiroz. O professor nas metodologias ativas e as nuances entre ensinar e aprender: desafios e possibilidades. Interface (Botucatu), Botucatu, v. 23, n. e180393, p. 1-15, 2019. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/icse/v23/1807-5762-icse-23-e180393.pdf. Acesso em: 25 abr. 2020.

PEREIRA, Bianca Raquel, OLIVEIRA, Kiminay. O uso do mentimenter como ferramenta de apoio ao docente.VI SINECT – Simpósio Nacional de Ensino de Ciência e Tecnologia – UTFPR.

Downloads

Publicado

2021-12-17

Como Citar

GUERRA, Gerusa Cabral; ALVES, Josimar; NASCIMENTO, Roberta Barros de Oliveira; RENOVATO, Rosangela; VIEIRA, Sebastiao da Silva. Educação em tempos pandêmicos: o uso do aplicativo WhatsApp como proposta de comunicação em aulas remotas. Revista Docência e Cibercultura, [S. l.], v. 5, n. 4, p. 273–285, 2021. DOI: 10.12957/redoc.2021.53827. Disponível em: https://www.e-publicacoes.uerj.br/re-doc/article/view/53827. Acesso em: 29 maio. 2024.