A FORMAÇÃO DOCENTE EM SOCIOLOGIA NO CAP-UERJ: UMA EXPERIÊNCIA ENTRE O ENSINO CURRICULAR E A EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA

Walace Ferreira, Rodrigo de Souza Pain, Afrânio de Oliveira Silva, Guilherme Nogueira de Souza

Resumo


O presente artigo tem como objetivo apresentar o trabalho realizado na formação de professores de Sociologia da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) a partir da inserção dos autores no quadro docente do Instituto de Aplicação Fernando Rodrigues da Silveira (CAp-UERJ). Nessa direção, apontamos o papel do Laboratório de Ensino e Pesquisa em Ciências Sociais (LEPCS), criado em 2017, no que tange à licenciatura em Ciências Sociais da UERJ e de dois projetos de extensão que o acompanham: o projeto “Cinema e curta-metragem e o ensino de Sociologia na educação” e o projeto “Sociologia, Juventude e Cidadania”. Demonstramos que as atividades desenvolvidas pela equipe de Sociologia do CAp-UERJ constituem-se num importante esforço de experimentação e desenvolvimento da prática do magistério, de modo que suas especificidades e dificuldades solidificam a formação do licenciando e fortalecem o engajamento por uma educação democrática e emancipatória.


Palavras-chave


Formação docente; Sociologia; CAp-UERJ; Licenciatura; Projetos de extensão

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/e-mosaicos.2020.50389


ISSN: 2316-9303 | Indexada em: