Revista Sustinere

A Revista SUSTINERE (SUST) tem por objetivo a publicação de contribuições nacionais e internacionais acadêmicas, técnicas e científicas que articulem temas interdisciplinares e transdisciplinares relativos à Saúde e Educação em suas interfaces com a sociedade, a ciência, o meio ambiente e a tecnologia. São aceitos artigos em português, inglês e espanhol.

e-ISSN: 2359-0424 | Ano de criação: 2013 | Área do conhecimento: Multidisciplinar | Qualis: B4 (Enfermagem), B5 (Arquitetura, Urbanismo e Design / Engenharias I / Engenharias III / Interdisciplinar), C (Biodiversidade)


SUSTINERE: Revista de Saúde e Educação

Endereços para contato: SUSTINERE – Revista de Saúde e Educação

EMAIL: sustinere.ouerj@gmail.com

Editora da Universidade do Estado do Rio de Janeiro - EdUERJ
Rua São Francisco Xavier, 524 , Setor -E,
Maracanã - Tel.: 2334-0720

 

SUSTINERE nas redes sociais:

 

Para acessar a edição atual clique aqui.

 

Notícias

 

Ondas de calor: Mais intensas, longas e frequentes

Às 3 da tarde de 11 de setembro de 2017, uma segunda-feira do final do inverno, a temperatura na capital paulista chegou a 31,9 graus Celsius (ºC), a mais alta da estação que deveria ser a mais fria do ano. Como o inverno do ano anterior já tinha chegado a 33 ºC, os moradores da maior cidade do país tiveram de conviver outra vez com o desconforto causado pelo sol forte, calor intenso e ar seco – a umidade relativa do ar caiu para 28% nesse dia de setembro. No mesmo dia, a cidade de Jales despontou como a mais quente e seca desse inverno no...

(Para continuar a ler a notícia, clique em "Mais...")
Publicado: 2018-01-23Mais...
 

Poluição praticamente anula efeito de caminhada em idosos

Pessoas com mais de 60 anos devem escolher áreas verdes e calmas para se exercitar. Um estudo do Imperial College de Londres e da Universidade Duke, dos Estados Unidos, indica que os benefícios para o coração e os pulmões de duas horas de caminhada são rapidamente neutralizados se a atividade física for feita em uma área poluída (The Lancet, 5 de dezembro). Os pesquisadores recrutaram 119 homens e mulheres dessa faixa etária: um terço deles saudável e dois terços com histórico de problema cardíaco ou pulmonar, mas com a doença sob controle. Os...

(Para continuar a ler a notícia, clique em "Mais...")
Publicado: 2018-01-23Mais...
 

O alarme dos macacos

Nas três últimas semanas de dezembro de 2017, o ecólogo Márcio Port Carvalho, pesquisador do Instituto Florestal de São Paulo, recolheu 65 bugios-ruivos (Alouatta guariba clamitans) mortos pelo vírus da febre amarela no Horto Florestal, parque estadual na zona norte da capital paulista, com outros biólogos e equipes da Guarda Civil Metropolitana e da Polícia Ambiental. “Praticamente todos os bugios do Horto morreram. Conhecíamos todos os 17 grupos”, conta ele. Para os seres humanos, o vírus da febre amarela pode ser fatal, mas pode ser detido...

(Para continuar a ler a notícia, clique em "Mais...")
Publicado: 2018-01-23Mais...
 

Mais uma possível causa do autismo | 17.01.2018

A bióloga Patrícia Beltrão Braga fala sobre uma pesquisa desenvolvida na USP que busca ajudar a entender melhor as alterações causadas no cérebro de crianças diagnosticadas no espectro do autismo. Autor: fapesp Fonte: fapesp Sítio Online da Publicação: fapesp Data de Publicação: 21/01/2018 Publicação Original: http://revistapesquisa.fapesp.br/2018/01/17/mais-uma-possivel-causa-do-autismo-2/

(Para continuar a ler a notícia, clique em "Mais...")
Publicado: 2018-01-23Mais...
 

Brasil é o país com mais publicação científica em acesso aberto

Em 13º lugar entre os países que mais produzem artigos científicos no mundo, o Brasil tem a maior porcentagem disponível gratuitamente e sem entraves via internet – o chamado acesso aberto. Os dados estão em relatório publicado este mês pela Science-Metrix, uma empresa norte-americana dedicada a avaliar atividades ligadas a ciência e tecnologia. Dos artigos publicados em periódicos brasileiros, 74% têm acesso aberto. O fenômeno se deve em grande parte à biblioteca virtual SciELO (sigla de Scientific Electronic Library Online), que reúne 283...

(Para continuar a ler a notícia, clique em "Mais...")
Publicado: 2018-01-23Mais...
 

Amazônia é uma das principais fontes emissoras de metano do mundo

As árvores situadas em áreas alagáveis na Amazônia emitem por ano entre 15 e 20 milhões de toneladas de metano (CH4), o equivalente ao que é emanado por todos os oceanos juntos. A conclusão é de um grupo de pesquisadores ingleses e brasileiros, entre eles a bióloga Luana Basso, do Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (Ipen), e a química Luciana Vanni Gatti, do Laboratório de Gases de Efeito Estufa do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). Em um estudo publicado na edição desta segunda-feira (04/12) na revista Nature, o...

(Para continuar a ler a notícia, clique em "Mais...")
Publicado: 2018-01-23Mais...
 

Especialistas da Fiocruz explicam vacina da febre amarela e circulação do vírus

ABr Diante do avanço da febre amarela no país, com aumento do número de casos confirmados e de mortes, a preocupação com a doença tem aumentado e levado a uma corrida pela vacina em alguns estados. A situação levou inclusive o governo a fracionar a vacina contra a febre amarela em algumas regiões e antecipar a campanha de imunização de 19 de fevereiro para 25 de janeiro nos estados de São Paulo e do Rio de Janeiro. Especialistas da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) ouvidos pela Agência Brasil explicam as mudanças no protocolo de vacinação...

(Para continuar a ler a notícia, clique em "Mais...")
Publicado: 2018-01-23Mais...
 

Morre paciente de Teresópolis, RJ, que estava internado com febre amarela

Darci Oliveira, de 64 anos, era morador de Teresópolis e estava internado desde o dia 5 com febre amarela (Foto: Arquivo Pessoal/Marcelo Oliveira) Morreu na noite deste domingo (21) o morador de Teresópolis, na Região Serrana do Rio, que estava internado com febre amarela no Instituto Nacional de Infectologia (INI) Evandro Chagas, da Fiocruz, na capital. A morte foi confirmada ao G1 por um parente do paciente na manhã desta segunda-feira (22). A Secretaria Estadual de Saúde (SES) ainda não detalhou se a morte foi em decorrência da doença...

(Para continuar a ler a notícia, clique em "Mais...")
Publicado: 2018-01-22Mais...
 


 

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

ISSN 2359-0424

A Revista SUSTINERE está indexada/cadastrada em:


A partir da 7ª edição da Revista SUSTINERE (V.4, Nº2, 2016), todos os trabalhos das colunas Artigos, Comportamento e Ambiente, e Ensaios, são submetidos a um exame de confiabilidade através dos serviços do iThenticate, cujos relatórios são analisados pelos editores, para a aprovação da publicação destes.