A maneira de fazer história de Michel Foucault: Dialogando com A história da sexualidade 1

José Antonio Miranda Sepulveda, Denize Sepulveda

Resumo


O presente artigo analisa a maneira de fazer história proposta por Michel Foucault, em especial a sua discussão sobre a genealogia como método histórico. Buscamos entender a crítica que o autor faz sobre a história teológica e teleológica, em que alguns historiadores demonstram a necessidade de buscar as origens dos acontecimentos e as descrevem de maneira linear. A nossa preocupação é entender os dispositivos utilizados por Foucault para construir a sua História da sexualidade. Para efeitos deste artigo, nos dedicaremos exclusivamente ao volume 1, cujo subtítulo é: a vontade de saber. Em tal livro, Foucault (1988) defende a tese de que o discurso, produzido na modernidade, sobre sexo, ao invés de reprimi-lo, acabou estimulando que se estabelecesse um valor mercantil para o sexo. Para isso, construímos este texto demonstrando a proposta foucaultiana de história em relação à origem das coisas, tendo como objeto a crítica à história universal. Como conclusão, discutimos a questão do poder tendo como foco a história da sexualidade.


Palavras-chave


Foucault; genealogia; história

Texto completo:

PDF

Referências


FOUCAULT, Michel. História da sexualidade 1: a vontade de saber. Rio de Janeiro: Graal, 1988.

FOUCAULT, Michel. Nietzsche, a genealogia, a história. In: ______. Ditos & escritos II: arqueologia das ciências e história dos sistemas de pensamento. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2010a.

FOUCAULT, Michel. O que é o Iluminismo? Paris: Collège de France, 1983. Curso transcrito por Katharina Von Bülow.

FOUCAULT, Michel. O que são as Luzes? In: ______. Ditos & escritos II: arqueologia das ciências e história dos sistemas de pensamento. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2010b.

GONDRA, José Gonçalves (Org.). Pesquisa em história da educação no Brasil. Rio de Janeiro: DP&A, 2005.

LE GOFF, Jacques. A história nova. São Paulo: Martins Fontes, 1990.

MARCONDES, Danilo. Iniciação à história da filosofia: dos pré-socráticos a Wittgenstein. Rio de Janeiro: Za har, 2001.




DOI: https://doi.org/10.12957/riae.2020.54581

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


e-ISSN: 2359-6856

 


Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

 

 

Indexada em:


 

 

Realização: