Ciência, educação e sociedade: uma leitura sobre “O menino que descobriu o vento”

José Douglas Alves dos Santos, Machaia Muhammade Mualaca

Resumo


Neste artigo abordamos o filme “O Menino que Descobriu o Vento” (The Boy Who Harnessed the Wind, 2019) a partir de uma leitura ancorada nos estudos culturais. O texto está dividido em quatro partes: na primeira realizamos um breve contexto histórico-cultural; na sequência, fazemos uma reflexão sobre cinema, alteridade e formação, em como os filmes atuam na produção de significados, representações e identidades; em seguida, abordamos (des)encontros culturais diante de embates geracionais; e, finalizando o texto, trazemos as considerações, retomando algumas das discussões e salientando o potencial do longa-metragem no entendimento daquele contexto social.


Palavras-chave


ciência e sociedade; educação e sociedade; processo formativo.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/teias.2021.51330

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 1518-5370 [impresso] • 1982-0305 [eletrônico]
Teias, uma publicação eletrônica do Programa de Pós-Graduação em Educação – ProPEd/UERJ
Qualis/Capes - A2 (2017/2018) 
DOI: 10.12957/teias

 

Licença Creative Commons

Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional