EMBARGOS DE DECLARAÇÃO NO PROCESSO ELEITORAL: BREVE RELEITURA APÓS A VIGÊNCIA DO CPC-2015

Rodrigo Reis Mazzei

Resumo


Este artigo analisa a regulamentação dos embargos de declaração no seio doprocesso eleitoral, bem como a interpretação que tem sido dada pelos Tribunais Superiores.Aborda questões essenciais dos embargos de declaração, como prazo, natureza jurídica,hipóteses de cabimento e efeito suspensivo, muitas das quais objeto de discussão nadoutrina e jurisprudência devido, sobretudo, à diversificação e variedade das normas quetratam do assunto (Código Eleitoral, regimentos internos dos Tribunais e Código deProcesso Civil e Código de Processo Penal – aplicados subsidiariamente), além danecessidade de uma interpretação voltada à natureza constitucional da espécie recursal.Observa as propostas do Projeto do Novo CPC, em trâmite legislativo, para aregulamentação dos embargos de declaração e os impactos que esse novo texto trará aoprocesso eleitoral, pontuando possíveis caminhos para a conciliação entre o “novo”processo civil e o ordenamento eleitoral.

DOI: 10.12957/redp.2016.26613

 


Palavras-chave


embargos de declaração; processo eleitoral; tribunais superiores; interpretação; natureza constitucional; novo CPC

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/redp.2016.26613

REVISTA ELETRÔNICA DE DIREITO PROCESSUAL - REDP

 

Campus Maracanã, Pavilhão João Lyra Filho, 7º andar

Bloco F, sala 7123. Rio de Janeiro/RJ. Brasil

Telefones: (21) 2334-0072 ou 2334-0312. E-mail: fhrevistaprocessual@gmail.com