‘NATUREZA NA PELE’: O POTENCIAL DAS NARRATIVAS EM UM CONTEXTO DE EDUCAÇÃO MUSEAL ONLINE E POPULARIZAÇÃO DA CIÊNCIA

Autores

DOI:

https://doi.org/10.12957/redoc.2022.66020

Palavras-chave:

Educação Museal Online. Popularização da Ciência. Pandemia. Tatuagem. SAE.

Resumo

A pandemia de COVID-19 impôs uma série de desafios ao campo museal e a seus profissionais. Estes voltaram a sua atenção para as tecnologias digitais em rede (TDR) para continuarem a manter contato com seus públicos. A Seção de Assistência ao Ensino do Museu Nacional (SAE/MN) vem, desde 2018, lançando mão de suas redes sociais como ‘espaçostempos’ educativos e de popularização da ciência no contexto da Educação Museal Online (XXXXX, 2021). Este artigo tem como objetivo apresentar e narrar duas ações educativas museais online que integraram o eixo temático nomeado ‘Natureza na Pele’, como parte do projeto ‘Mediação Museal Online: Museu Nacional e Popularização da Ciência nas Redes’. A heterogeneidade de sentidos e ‘conhecimentossignificações’ emergentes nas narrativas e imagens dos praticantes da SAE reforça a fala de Germano e Kulesza (2007) sobre a importância do resgate e visibilização das muitas experiências e conhecimentos de nossos praticantes, e revelam as vivências e experiências singulares de cada praticante nas/com múltiplas redes educativas que habitam e nas quais circulam diversos tipos de conhecimentos, dentre esses, o conhecimento científico, que, portanto, não se configura como uma prática isolada das demais práticas sociais e conhecimentos. Como educadore/as museais devemos, portanto, continuar nossa caminhada dialogando com as noções de popularização da ciência, da Educação Museal Online e da Educação Museal, uma vez que essas estão fundadas na criação de ambiências conversacionais, colaborativas e coautorais em interatividade, visando à formação crítica e emancipatória dos sujeitos e a transformação social.

Biografia do Autor

Frieda Maria Marti

Educadora Museal. Doutora em Educação pelo ProPed/UERJ - Linha Cotidianos, Redes Educativas e Processos Culturais. Mestre em Zoologia (Ornitologia) pelo Museu Nacional/UFRJ. Especialista em Further Education Teaching pelo Kirklees College, UK, pós-graduada em Adult Education e E-learning and Multimedia pela Huddersfield University, UK e em ESOL - English for Speakers of Other Languages pela Cambridge University, UK. Licenciada em Ciências Biológicas pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Tem experiência com Tecnologias Educacionais, Educação Online, Educação de Adultos, Educação Museal, Educação Museal Online, Divulgação e Popularização das Ciências, Ensino de Inglês para Estrangeiros (ESOL English for Speakers of Other Languages), Formação de Professores e de Educadores Museais e Design instrucional e desenvolvimento de cursos online e materiais didáticos para diversos públicos. Integrante (Pesquisadora) do Grupo de Pesquisa Docência e Cibercultura (GpDOc/UFRRJ) da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, coordenado pela Profa Dra. Edméa Santos e integrante do Grupo de Pesquisa Educação Museal: conceitos, história e políticas do(a)Instituto Brasileiro de Museus, coordenado pela Profa Dra. Fernanda Castro. Pesquisadora bolsista do Programa de Capacitação Institucional do CNPq - Nível DB - junto a Coordenação de Educação do Museu de Astronomia e Ciências Afins (COEDU/MAST) no projeto A Divulgação da Astronomia na Colaboração Museu-Escola, coordenado pela Profa Dra. Patrícia Figueiró Spinelli (COEDU/MAST).

Carolina Braga, Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ

Estudante da graduação em Ciências Biológicas - Licenciatura na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

Bolsista SAE/SIMAP/UFRJ junto ao Projeto ‘Mediação Museal Online: Museu Nacional e Popularização da Ciência nas Redes’

Fernanda Monteiro, Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ

Graduanda em História pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

Bolsista SAE/SIMAP/UFRJ junto ao Projeto ‘Mediação Museal Online: Museu Nacional e Popularização da Ciência nas Redes’

Andrea Fernandes Costa, Museu Nacional - UFRJ

Graduada em História pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ/FFP), Mestre e Doutora em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGEdu/UNIRIO). Atualmente é Professora Assistente do Departamento de Estudos e Processos Museológicos e da Escola de Museologia da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro - UNIRIO, bem como Educadora Museal na Seção de Assistência ao Ensino do Museu Nacional/Universidade Federal do Rio de Janeiro (MN-UFRJ). Realiza atividades de pesquisa no campo da Educação Museal e na área da Divulgação Científica, promovendo a concepção, execução e avaliação de programas, projetos e ações nos mesmos. Atua principalmente nos seguintes temas: Estudos de Público e Avaliação em Museus, História da Educação Museal, Mediação Humana, Formação, Acessibilidade Cultural, Colaboração Museu-Escola e Inclusão Sociocultural. Integra o Observatório de Museus e Centros de Ciência e Tecnologia - OMCC&T, o Grupo de Pesquisa em Educação Museal (GPEM - MHN/IBRAM) e o Grupo de Pesquisa 'Educação, Museus de Ciências e seus Públicos'

Referências

ALVES, Nilda. Tecer conhecimento em rede. In: ALVES, Nilda e GARCIA, Regina Leite (Orgs.). O sentido da escola. Rio de Janeiro: DP&A, 2002, p. 26-38.

ALVES, Nilda. Sobre o movimento das pesquisas nos/dos/com os cotidianos. In: OLIVEIRA, Inês Barbosa; ALVES, Nilda (Orgs.). Pesquisa no/do cotidiano das escolas: sobre redes de saberes. Petrópolis: DP&A, 2008.

ALVES, Nilda. Práticas Pedagógicas em Imagens e Narrativas: memórias de processos didáticos e curriculares para pensar as escolas hoje. São Paulo: Cortez Editora, 2019.

ALVES, Nilda; ARANTES, Erika; CALDAS, Alessandra Nunes; ROSA, Rebeca Silva; MACHADO, Isabel. Questões curriculares e a possibilidade de sua discussão em cineclubes com professores: a questão religiosa na escola pública. Visualidadades, v.14, n.1, p. 18-37, jan-jun, 2016.

DELEUZE, Gilles; GUATTARI, Félix. Rizoma. In: DELEUZE, Gilles; GUATTARI, Félix. Mil platôs: capitalismo e esquizofrenia. Rio de Janeiro: Editora 34, 1995, v.1, p.15-32.

GERMANO, Marcelo Gomes; KULESZA, Wojciech Andrzej. Popularização da Ciência: uma revisão conceitual. Caderno Brasileiro de Ensino de Física, v. 24, n. 1, p 7-25, 2007.

ITAÚ CULTURAL, DATAFOLHA. Hábitos Culturais II. São Paulo - SP: Itaú Cultural, Datafolha, 2021. Disponível em: <https://www.publishnews.com.br/estaticos/uploads/2021/07/QmugDvo9i3wJgrAirmRWlAmo7MeckDtUT3dvBD4X4mmG4CBPb70PlPKr8RkDjgdBW5wRGvbmqRqtJSXx.pdf>. Acesso em: 06 jan. 2022.

JLEIVA CULTURA & ESPORTE. Cultura nas capitais. JLeiva Cultura & Esporte, São Paulo, 2018. Disponível em: <https://www.culturanascapitais.com.br/>. Acesso em: 31 jan.2022

LEIVA, João; MEIRELLES, Ricardo. Cultura nas Capitais: como 33 milhões de brasileiros consomem diversão e arte, Rio de Janeiro: 17 Street Produção Editorial, 2018.

COSTA, Andréa. Educação Museal e Cibercultura. In: CASTRO, Fernanda; SOARES, Ozias e COSTA, Andréa (org). Educação Museal: conceitos, história e políticas, vol. V. Rio de Janeiro: Museu Histórico Nacional, 2020. Disponível em: <http://docvirt.com/docreader.net/DocReader.aspx?bib=mhn&pagfis=75932>.

MARTI, Frieda Maria. A Educação Museal Online: uma ciberpesquisa-formação na/com a seção de assistência ao ensino (SAE) do Museu Nacional-UFRJ. Tese (Doutorado) – Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Faculdade de Educação, 2021, 298f.

MARTI, Frieda Maria; COSTA, Andréa. Revisitando os Museus na Pandemia: sobre Educação Museal Online e Cibercultura. Notícias, Revista Docência e Cibercultura, maio de 2020, online. ISSN: 2594-9004. Disponível em: <https://www.e-publicacoes.uerj.br/index.php/re-doc/announcement/view/1107>. Acesso em: 05 jan. 2022.

MARTI, Frieda Maria; SANTOS, Edméa Oliveira dos. EDUCAÇÃO MUSEAL ONLINE: A EDUCAÇÃO MUSEAL NA/COM A CIBERCULTURA. Revista Docência e Cibercultura, [S.l.], v. 3, n. 2, p. 41-66, set. 2019. ISSN 2594-9004. Disponível em: <https://www.e-publicacoes.uerj.br/index.php/re-doc/article/view/44589>. Acesso em: 05 jan. 2022. doi:https://doi.org/10.12957/redoc.2019.44589.

MONTSERRAT, Victor J. Sobre los Artrópodos em el Tatuaje. Boletin de la Sociedad Entomológica Aragonesa (S.E.A.), n. 47, p. 4777-494, 2010.

NATUREZA na pele: Seção de Assistência ao Ensino, 20 jul 202. 1 vídeo (1h16min). [Live]. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=QG1WhsBDjo0 Acesso em: 8 fev. 2022. Participação de Hugo Moleiro, Marcela Badolatto, Fernanda Monteiro e Carolina Braga.

OLIVEIRA, Inês Barbosa de. Boaventura & a Educação. 2ª Ed. Belo Horizonte: Autêntica, 2008.

SANTOS, Boaventura de Souza. Para além do pensamento abissal: das linhas globais a uma ecologia de saberes. Novos estudos CEBRAP, p. 71-94, 2007.

SANTOS, Edméa. Educação online para além da EAD: um fenômeno da cibercultura. In: SILVA, Marco; PESCE, Lucila; ZUIN, Antônio (orgs). Educação online: cenário, formação e questões didático-metodológicas. Rio de Janeiro: Wak Ed., 2010.

SANTOS, Edméa. A Cibercultura e a Educação em tempos de mobilidade e redes sociais: conversando com os cotidianos. In: FONTOURA, Helena Amaral da; SILVA, Marco. (Orgs.) Práticas Pedagógicas, Linguagem e Mídias: desafios à Pós-graduação em Educação em suas múltiplas dimensões. Rio de Janeiro: ANPEd Nacional, 2011. Disponível em: <http://www.fe.ufrj.br/anpedinha2011/livro1.html>. Acesso em: 05 jan. 2022.

SANTOS, Edméa; FERNANDES, Teresinha; e YORK, Sara Wagner. Ciberfeminismo em tempos de pandemia Covid-19: lives (trans)feministas. Notícias, Revista Docência e Cibercultura, agosto de 2020, online. ISSN: 2594-9004. Disponível em: <https://www.e-publicacoes.uerj.br/index.php/re-doc/announcement/view/1123>. Acesso em: 05 jan 2022.

SANTOS, Edméa. Formação de professores e pesquisadores no contexto de pandemia: possibilidades e limites. Webconferência, 23.09.2020. FEUFF. Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=hdR3PED0kAY>. Acesso em: 05 jan 2022.

WE ARE SOCIAL. Global Digital Report 2019. Disponível em: <https://wearesocial.com/blog/2019/01/digital-2019-global-internet-use-accelerates>. Acesso em: 05 jan. 2022.

Downloads

Publicado

2022-09-23

Como Citar

MARTI, Frieda Maria; BRAGA, Carolina; MONTEIRO, Fernanda; COSTA, Andrea Fernandes. ‘NATUREZA NA PELE’: O POTENCIAL DAS NARRATIVAS EM UM CONTEXTO DE EDUCAÇÃO MUSEAL ONLINE E POPULARIZAÇÃO DA CIÊNCIA. Revista Docência e Cibercultura, [S. l.], v. 6, n. 4, p. 173–192, 2022. DOI: 10.12957/redoc.2022.66020. Disponível em: https://www.e-publicacoes.uerj.br/re-doc/article/view/66020. Acesso em: 15 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigo Seção Temática