Coordenação da atenção primária: limites e possibilidades para a integração do cuidado [Coordination of primary care: limits and possibilities for integration of care] [Coordinación de la atención primaria: límites y posibilidades para la integración del cuidado]

Tatiana Monteiro da Paixão, Ana Inês Sousa, Maria Helena do Nascimento Souza, Sheila Nascimento Pereira de Farias

Resumo


Objetivo: avaliar o atributo coordenação do cuidado na atenção primária à saúde na perspectiva de profissionais de equipes de saúde da família. Método: estudo seccional realizado com 349 profissionais de equipes saúde da família da área programática 3.1, por meio da aplicação do questionário Primary Care Assessment Tool. Estudo aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro. Resultados: o atributo coordenação do cuidado teve uma boa avaliação (escore 7,1), estando acima do ponto de corte esperado, 6,6. Observou-se um desconhecimento do fluxo dos usuários nos serviços especializados da rede de atenção à saúde (escore=6,2) e uma deficiência no sistema de referência e contrareferência (escore=4,6). Conclusão: evidenciou-se a necessidade da comunicação entre os profissionais da rede de atenção à saúde, a fim de melhorar o sistema de referência e contrareferência e possibilitar a integração dos cuidados prestados à população.

ABSTRACT

Objective: to evaluate the care coordination attribute of primary health care from the perspective of family health team personnel. Method: this cross-sectional study was carried out with 349 family health team professionals from program area 3.1, using the Primary Care Assessment Tool questionnaire. The study was approved by the Rio de Janeiro Municipal Health Secretariat research ethics committee. Results: the care coordination attribute was favorably assessed (scoring 7.1), above the expected cutoff point of 6.6. Knowledge of user flows in specialized services of the health care network was lacking (scoring 6.2), and the referral and counter-referral system was deficient (scoring 4.6). Conclusion: there was a need for communication among health care professionals in order to improve the referral and counter-referral system, and make it possible to integrate care provided to the population.

RESUMEN

Objetivo: evaluar el atributo de coordinación del cuidado en la atención primaria de salud desde la perspectiva de los profesionales de equipos de salud familiar. Método: estudio seccional realizado junto a 349 profesionales de equipos de salud familiar del área del programa 3.1, a través de la aplicación del cuestionario Primary Care Assessment Tool. Estudio aprobado por el Comité de Ética en Investigación de la Secretaría Municipal de Salud de Río de Janeiro. Resultados: el atributo de coordinación del cuidado obtuvo una buena evaluación (puntaje 7.1), por encima del punto de corte esperado, 6.6. Se observó una falta de conocimiento sobre el flujo de usuarios en los servicios especializados de la red de atención a la salud (puntaje = 6.2) y una deficiencia en el sistema de referencia y contrarreferencia (puntaje = 4.6). Conclusión: se puso en evidencia la necesidad de comunicación entre los profesionales de la red de atención a la salud, para mejorar el sistema de referencia y contrarreferencia y permitir la integración de la atención brindada a la población.


Palavras-chave


Atenção primária à saúde; Estratégia saúde da família; Avaliação em saúde; Enfermagem.

Texto completo:

PDF(POR) PDF(ENG) (English)


DOI: https://doi.org/10.12957/reuerj.2019.42655