ADAPTAÇÕES E ESTRANHAMENTOS EM A MASSAI BRANCA

Erinaldo Ferreira Carmo, Érica Patrícia Barbosa Oliveira, Érica Patrícia Barbosa Oliveira, Fernanda Maria Silva, Fernanda Maria Silva

Resumo


DOI: 10.12957/e-mosaicos.2013.9903

As diferenças culturais, as questões de gênero e o conhecimento do povo Samburu, em suas relações com o espaço geográfico e com o seu meio social, são temáticas abordadas neste artigo construído a partir da interação entre estudantes e professores de diferentes disciplinas do Colégio de Aplicação da Universidade Federal de Pernambuco. O eixo norteador é o filme A Massai Branca, baseado em uma história real que mostra a relação de contrastes entre uma mulher suíça e um guerreiro Samburu, personagens a partir dos quais se desenvolve uma narrativa que aborda, de forma rica e intensa, os temas aqui tratados. Para o acompanhamento deste filme foram gerados encontros e debates para observação da realidade apresentada no enredo, em comparação a outras informações deste grupo étnico africano. Assim, este trabalho se propõe a apresentar, de forma analítica, a utilização do filme como ferramenta de aprendizagem na sala de aula e instrumento facilitador e gerador de diálogos na formação escolar.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/e-mosaicos.2013.9903


ISSN: 2316-9303 | Indexada em: