O poder constituinte segundo Antonio Negri: um conceito marxista e spinozista / The constituent power by Antonio Negri: a marxist and spinozist concept

Autores

  • Francisco de Guimaraens Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro PUC-Rio

DOI:

https://doi.org/10.12957/dep.2016.21683

Palavras-chave:

Poder constituinte, multidão, trabalho vivo / Constituent power, multitude, living labour

Resumo

DOI: 10.12957/dep.2016.21683

Resumo

Este artigo busca demonstrar que o conceito de poder constituinte formulado por Antonio Negri se fundamenta em elementos teóricos de Spinoza e de Marx. Para atingir tal objetivo, serão investigados os conceitos de desejo, trabalho vivo, multidão e comum, bem como sua contribuição para a compreensão do conceito de poder constituinte.

Palavras-chave: Poder constituinte; multidão; trabalho vivo.

Abstract

This paper aims to demonstrate that the constituent power concept of Antonio Negri is based on theoretical elements of Marx’s and Spinoza’s phylosophies. In order to  achieve this  goal the investigation will  look into the concepts of desire, living labour, multitude and common, as well as their contribution to the comprehension of the constituent power.

Keywords: Constituent power; multitude; living labour.

Biografia do Autor

Francisco de Guimaraens, Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro PUC-Rio

Professor do Programa de Pós-Graduação em Direito da PUC-Rio e Professor do curso de graduação em Direito da PUC-Rio. Doutor em Teoria do Estado e Direito Constitucional pela PUC-Rio.

Downloads

Publicado

2016-12-07

Como Citar

de Guimaraens, F. (2016). O poder constituinte segundo Antonio Negri: um conceito marxista e spinozista / The constituent power by Antonio Negri: a marxist and spinozist concept. Revista Direito E Práxis, 7(4), 135–168. https://doi.org/10.12957/dep.2016.21683

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)