FORMAÇÃO DE PROFESSORES, MUDANÇAS NO TRABALHO DIDÁTICO E EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA

Dayse Martins Hora

Resumo


Este texto pretende discutir sobre as mudanças no trabalho didático decorrentes das práticas da educação a distância em cursos superiores de formação de professores. O suporte metodológico foi a pesquisa bibliográfica. Analisamos os dados a partir dos três elementos constitutivos da organização do trabalho didático – a relação, a mediação e o espaço – utilizados por Alves (2002), com foco nas práticas de educação a distância na formação de professores. Consideramos os paradoxos entre atendimento individualizado e coletivo na prática onde o aumento do número de alunos caracteriza uma educação superior de massas e questionamos as incompatibilidades entre as formas de organização do trabalho didático individualizado e coletivo nas práticas de educação a distância.


Palavras-chave


trabalho docente; trabalho didático; educação a distância

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/teias.2018.29328

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 1518-5370 [impresso] • 1982-0305 [eletrônico]
Teias, uma publicação eletrônica do Programa de Pós-Graduação em Educação – ProPEd/UERJ
Qualis/Capes - B1 - Educação
DOI: 10.12957/teias

 

Licença Creative Commons

Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional