IMPACTOS E DESAFIOS DAS REDES DE PESQUISA: O CASO DO OBSERVATÓRIO NACIONAL DE EDUCAÇÃO ESPECIAL

Enicéia Gonçalves Mendes, Gabriela Tannús-Valadão, Sabrina Mazo D´Affonseca

Resumo


Embora as pesquisas em rede estejam cada vez mais presentes nos atuais modos de se fazer ciência ainda é reduzido o número de estudos que se propõe a avaliar tais parcerias em pesquisa. O presente relato tem como foco o Observatório Nacional de Educação Especial, uma rede de pesquisa em larga escala envolvendo 219 pesquisadores que conduziram um estudo nacional sobre o programa de implantação de Salas de Recursos Multifuncionais para oferta do atendimento educacional especializado para o público alvo da Educação Especial. Aborda-se o processo de constituição, de condução da investigação, os desafios, os principais achados e os impactos (na investigação, formação e disseminação) a fim de se mostrar o potencial das grandes redes de pesquisa.

DOI: https://doi.org/10.12957/teias.2016.25891


Palavras-chave


Educação Especial, Observatório Nacional de Educação Especial, Política Educacional, Pesquisa em Rede

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/teias.2016.25891

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 1518-5370 [impresso] • 1982-0305 [eletrônico]
Teias, uma publicação eletrônica do Programa de Pós-Graduação em Educação – ProPEd/UERJ
Qualis/Capes - A2 (2017/2018) 
DOI: 10.12957/teias

 

Licença Creative Commons

Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional