DE MEMORIA ET REMINISCENTIA AO PERTENCIMENTO AOS MEIOS ESCOLARES: A CONTRIBUIÇÃO DA PESQUISA ETNOGRÁFICA EM EDUCAÇÃO

Paula Almeida de Castro

Resumo


A memória e o pertencimento aos meios escolares nos processos de tornar-se aluno são as reflexões apresentadas, no presente texto, com a contribuição da pesquisa etnográfica em Educação. Buscou-se asserções teóricas com definições sobre o conceito de memória e seus usos para a compreensão da história de vida do sujeito social e a relação com o pertencimento na trajetória escolar. Utilizou-se a observação participante, a entrevista etnográfica e a fotoetnografia para acessar as narrativas dos participantes de duas instituições públicas situadas no Rio de Janeiro durante um ano letivo. Observou-se que a memória individual e coletiva, vivenciada pelos alunos nos processos educacionais, modifica, possibilita e acompanha as escolhas que são feitas para além das salas de aula frequentadas.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 1518-5370 [impresso] • 1982-0305 [eletrônico]
Teias, uma publicação eletrônica do Programa de Pós-Graduação em Educação – ProPEd/UERJ
Qualis/Capes - A2 (2017/2018) 
DOI: 10.12957/teias

 

Licença Creative Commons

Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional