Alinhamento e satisfação no trabalho e a relação com adoecimento dos enfermeiros [Alignment and job satisfaction and the relationship with illness among nurses] [Alineamiento y satisfacción laboral y la relación con enfermedades de los enfermeros]

Flaviana Pereira Bastos Nascimento, Kayo Henrique Jardel Feitosa Sousa, Gisele Massante Peixoto Tracera, Katerine Moraes dos Santos, Regina Célia Gollner Zeitoune

Resumo


Objetivo: analisar as relações entre o alinhamento ao trabalho atual e a satisfação no trabalho com o adoecimento dos enfermeiros. Método: estudo quantitativo transversal, realizado em um hospital universitário federal, no município do Rio de Janeiro, entre dezembro de 2018 e fevereiro de 2019. Participaram 135 enfermeiros, que responderam aos instrumentos autoaplicáveis. Os dados foram submetidos à análise bivariada por meio do teste qui-quadrado e correlação de Spearman. Obedeceu-se aos preceitos éticos para pesquisas com seres humanos. Resultados: foram identificadas relações significativas entre a insatisfação no trabalho e o adoecimento físico, psíquico e social dos enfermeiros, estando, ainda, estes danos interrelacionados. Contudo, o pressuposto levantado foi parcialmente refutado, uma vez que o alinhamento ao trabalho atual não exerceu influência no adoecimento desses profissionais. Conclusões: os resultados evidenciam a importância da satisfação no trabalho na promoção da saúde dos enfermeiros e apontam para a necessidade de medidas que os fomentem.

ABSTRACT

Objective: to examine relations between alignment with current job, job satisfaction and illness among nurses. Methodology: this quantitative, cross-sectional study was conducted at a federal university hospital in Rio de Janeiro city, between December 2018 and February 2019, with 135 nurses who answered a self-administered instrument. The data were subjected to bivariate analysis using the chi-square test and Spearman correlation. All ethical standards for human subjects research were met. Results: significant relationships were identified between dissatisfaction at work and nurses’ physical, psychological, and social illnesses, and these kinds of harm were also interrelated. However, the initial assumption was partially refuted, as alignment with current work did not influence illness among these nurses. Conclusions: the results show the importance of job satisfaction in promoting nurses’ health and point to the need for measures to promote them.

RESUMEN

Objetivo: analizar la relación entre el alineamiento con el trabajo actual y la satisfacción laboral con enfermedades de los enfermeros. Metodología: estudio cuantitativo transversal que tuvo lugar en un hospital universitario federal, en la ciudad de Río de Janeiro, entre diciembre de 2018 y febrero de 2019. Participaron 135 enfermeros que respondieron a los instrumentos autoadministrados. Se sometieron los datos al análisis bivariado mediante la prueba de chi-cuadrado y correlación de Spearman. Se han respetado todos los estándares éticos para la investigación con seres humanos. Resultados: se identificaron relaciones significativas entre la insatisfacción en el trabajo y la enfermedad física, psíquica y social de los enfermeros y estos daños se encuentran interrelacionados. Sin embargo, el supuesto planteado fue parcialmente refutado, ya que el alineamiento con el trabajo actual no influyó en las enfermedades de estos profesionales. Conclusiones: Los resultados muestran la importancia de la satisfacción laboral en la promoción de la salud de los enfermeros y señalan la necesidad de medidas para promoverlos.


Palavras-chave


Saúde do Trabalhador Satisfação no Trabalho; Escolha da Profissão; Enfermagem; Enfermeiras e Enfermeiros.

Texto completo:

PDF(POR) PDF(ENG) (English)


DOI: https://doi.org/10.12957/reuerj.2021.61186

Direitos autorais 2021 Flaviana Pereira Bastos Nascimento, Kayo Henrique Jardel Feitosa Sousa, Gisele Massante Peixoto Tracera, Katerine Moraes dos Santos, Regina Célia Gollner Zeitoune

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.