ALIMENTOS FUNCIONAIS E NUTRACÊUTICOS: UMA PROPOSTA DE EDUCAÇÃO NUTRICIONAL A PARTIR DO ENSINO DE BIOQUÍMICA

Thiago José Jesus Rebello, André Fillipe de Freitas Fernandes, Carolina Habergric Folino, Taíze de Jesus Duarte, Reynaldo Guedes de Oliveira Fontes, Juliene Ribeiro Nascimento, Thamyres Cristina Rosa Boa Esperança, Débora de Aguiar Lage

Resumo


DOI: 10.12957/e-mosaicos.2014.14987

O presente trabalho teve como objetivo colocar o discente em papel de protagonismo na produção do saber, da experimentação à divulgação, consolidando a educação nutricional a partir do ensino de bioquímica. A pesquisa teve um caráter qualitativo e foi estabelecida em três etapas: aula dialógica sobre alimentos funcionais e nutracêuticos; aula prática de identificação de compostos orgânicos; pesquisa e produção de folhetos informativos para divulgação científica. Durante as atividades, observamos que muitos alunos desconheciam as propriedades nutricionais básicas dos alimentos indispensáveis em uma dieta saudável e funcional. A aula prática no laboratório provocou grande motivação nos alunos, favorecendo o potencial investigativo, estimulando a observação e o raciocínio. A pesquisa e a produção textual culminaram na produção de folhetos de qualidade, os quais foram divulgados com sucesso. Por fim, concluímos que este estudo contribuiu para ampliar a base de conhecimentos teóricos sobre Educação Nutricional e seus resultados apontam para a importância da contextualização dos conteúdos curriculares na busca de uma aprendizagem significativa.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/e-mosaicos.2014.14987


ISSN: 2316-9303 | Indexada em: