AS RECOMENDAÇÕES OFICIAIS SOBRE AMAMENTAÇÃO E ALIMENTAÇÃO COMPLEMENTAR SÃO ACESSÍVEIS E CONHECIDAS PELOS PROFISSIONAIS DE SAÚDE BRASILEIROS?

Bruna dos Santos Nunes, Muriel Bauermann Gubert, Gisele Ane Bortolini

Resumo


Objetivo: Identificar os conhecimentos consolidados entre profissionais de saúde no Brasil sobre aleitamento materno e alimentação complementar e as omissões e divergências a respeito desta temática nos materiais institucionais disponíveis. Métodos: Estudo descritivo e transversal de abrangência nacional, com aplicação de questionário online para 316 profissionais de saúde (enfermeiros, médicos e nutricionistas), recrutados por meio da metodologia de bola de neve. Foram apresentados 89 itens, para os quais o profissional expressava seu grau de concordância em escala Likert de cinco pontos. Os conteúdos incluídos no questionário foram retirados de artigos científicos e materiais institucionais e, também, sugeridos por especialistas na temática. Para análise dos dados, foi calculada a pontuação média para cada item e foram consideradas lacunas de conhecimento os itens com pontuações entre 2,5 e 3,5. Foram considerados consensos os itens com pelo menos 80% de respostas com discordância (1) ou concordância (5) total. Resultados: Dos 89 itens estudados, a maioria referia-se a lacunas de conhecimentos. As principais lacunas identificadas foram: oferta de grupos alimentares e/ou nutrientes específicos, higienização de frutas e hortaliças, suplementação de micronutrientes, amamentação cruzada, aleitamento materno noturno, oferta de sucos naturais, introdução alimentar precoce. Em relação aos consensos, grande parte versava sobre a segurança biológica e a adequação nutricional das preparações. Conclusão: É preciso revisar as diretrizes hoje disponíveis com atenção especial às temáticas omissas e aquelas ainda consideradas lacunas de conhecimento, para o aprimoramento nos processos de formação e educação em saúde e consequente melhoria das orientações fornecidas pelos profissionais à comunidade.

DOI: 10.12957/demetra.2019.43327

 


Palavras-chave


Aleitamento materno. Conhecimento. Nutrição da criança. Pessoal de saúde. Promoção da saúde.

Texto completo:

PDF-PORT PDF-ENG (English)


DOI: https://doi.org/10.12957/demetra.2019.43327

e-ISSN: 2238-913X


Esta revista está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.