CRESCER, VOAR, ESCORRER: POESIAS ESCOLARES

Autores

DOI:

https://doi.org/10.12957/redoc.2023.75942

Palavras-chave:

Poesia, Escola, Sonhos, Desejos, Vida, Educação

Resumo

Em uma manhã fresca e ensolarada de um dia qualquer, o professor de ciências da natureza, apesar de já cansado com as suas trinta-e-tantas aulas semanais, coloca-se atento ao mundo que o cerca em seu espaço de trabalho-vida e que constitui um ecossistema-aula multiespécie: coexistem (jovens) humanos, aves, plantas, cachorros, insetos, cadernos, lápis, canetas, aviões de papel, gritos, perguntas, cansaços, sonhos, desejos, pensamentos, ânsias, risos, e… e… e… Enquanto os estudantes de uma sala cheia estudam os conhecimentos científicos, com a sua força incontrolável, também tramam formas de escapar aos duros muros da sala de aula. Fazer aviõezinhos de papel e jogá-los em uma planta que reside no ‘lado de fora’ daquele recinto mostra-se como linha de fuga possível. Ao observar tal movimento, em devir com tantos seres que lá se encontram, o docente deixou-se a-trave(r)ssar e inspirou-se a ensaiar poéticas tecidas no material que se segue, composto por três poemas (Crescer; Voa Voa; Escorre-água) e uma imagem produzida a partir da sobreposição de fotografias manipuladas digitalmente. Estas produções buscam materializar a vivência no chão da escola, com suas dores e delícias cotidianas.

Biografia do Autor

Tiago Amaral Sales, Programa de Pós-Graduação em Educação/Universidade Federal de Uberlândia

Licenciado e bacharel em Ciências Biológicas, mestre e doutor em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal de Uberlândia (UFU). Pós-doutorando no Laboratório de Estudos Avançados em Jornalismo (Labjor) da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Integrante dos grupos de pesquisa vinculados ao Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq): multiTÃO: prolifer-artes sub-vertendo ciências, educações e comunicações (Unicamp); UIVO: matilha de estudos em criação, arte e vida (UFU); AMPLIA: amálgama em educação, ciência e arte (UFU); e GPECS: gênero, corpo, sexualidade e educação (UFU). Professor de Ciências da Natureza na educação básica. E-mail: tiagomaralsales@gmail.com

Downloads

Publicado

2023-07-05

Como Citar

SALES, Tiago Amaral. CRESCER, VOAR, ESCORRER: POESIAS ESCOLARES. Revista Docência e Cibercultura, [S. l.], v. 7, n. 1, p. 01–06, 2023. DOI: 10.12957/redoc.2023.75942. Disponível em: https://www.e-publicacoes.uerj.br/re-doc/article/view/75942. Acesso em: 13 abr. 2024.