Idiomaticidade em construções com verbo suporte do Português

Marcia dos Santos Machado Vieira

Resumo


Este artigo focaliza construções verbo-nominais que funcionam como predicadoscomplexos. Não é difícil encontrar, na literatura linguística, referências a expressõesidiomáticas que revelam algumas inconsistências ou considerações superficiais sobre o tópico.Devido ao grande interesse em idiomatismos, essa situação vem mudando, porém, em algunscasos, as referências não só ainda mantêm um tratamento inadequado do tópico, mas tambémconsideram toda unidade multivocabular como idiomática. Também as construções com verbosuporte são tratadas assim. Embora construções com verbo suporte exibam esquematização e,em um número significativo de casos, significado figurado, elas também exibem um alto graude variação formal e semântica que é importante considerar quando se lida com aidiomaticidade imputada a algumas instâncias de tais construções. Há construçõesintermediárias e híbridas no continuum formas procedurais – formas lexicais e tambémconstruções com verbo suporte não-lexicalizadas (bastante produtivas). Na verdade, ademarcação de tais construções nesse continuum precisa considerar uma caracterizaçãomultidimensional que leve em conta relações multifatoriais e um conceito de construçãoidiomática prototipicamente estruturado, com alguns casos centrais e outros marginais. Esteartigo lida com a interface lexicalização e gramaticalização desse tópico com base emresultados de análises de corpora e testes conduzidas por pesquisadores no âmbito do ProjetoPREDICAR – A Formação e expressão de predicados complexos.


Palavras-chave


Funcionalismo, Gramaticalização, Lexicalização, Verbo suporte.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/soletras.2014.14200

Licença Creative Commons

SOLETRAS online - ISSN 2316 8838

Revista do Departamento de Letras

Faculdade de Formação de Professores da UERJ

Rua Dr. Francisco Portela, 1470 - Patronato - São Gonçalo - RJ

Cep: 24435-005 - e-mail: soletrasonline@yahoo.com.br