(PER)FORMAÇÕES DE UM DESENHO INCORPORADO

Virna da Silva Bemvenuto, Letícia Carvalho da Silva de Oliveira

Resumo


O presente relato de experiência se faz como um compartilhamento reflexivo das práticas artístico-pedagógicas realizadas no projeto O Corpo nas Artes Visuais, no Colégio de Aplicação da UFRJ. A partir de proposições onde o corpo é requisitado para a produção de imagem, investiga-se os tensionamentos oriundos do processo de desnaturalização das posturas corporais pré-estabelecidas para o ato de desenhar e também para as aulas de Artes Visuais em espaços formais de ensino. Desse modo, procura-se compreender o corpo como matéria sensível, caminho para o gesto no desenho e como lugar privilegiado de experimentação.



Palavras-chave


Experiência; Corpo; Movimento; Arte; Educação.

Texto completo:

PDF

Referências


HOOKS, Bell. Eros, Erotismo e Processos Pedagógicos. In: LOURO, Guacira Lopes (org). O corpo educado - Pedagogias da sexualidade. São Paulo: Autêntica, 2018. p. 145-156

HOOKS, Bell. A construção de uma comunidade pedagógica. In: Ensinando a transgredir - A educação como prática da liberdade.São Paulo: Martins Fontes, 2019. p. 173-222

HORTA, Eugênio Paccelli da Silva. Desenho inscrito no corpo. Tese (Doutorado). Escola de Belas Artes. Universidade Federal de Minas Gerais. Minas Gerais, 2010.

MERLAU-PONTY, Maurice. Fenomenologia da Percepção. São Paulo. Martins Fontes, 1999.

NÓBREGA, Terezinha Petrucia. Corpo, percepção e conhecimento em Merleau-Ponty. Estudos de Psicologia. Universidade Federal do Rio Grande do Norte, 2008. p. 141-148.




DOI: https://doi.org/10.12957/riae.2019.45833

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


e-ISSN: 2359-6856

 


Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

 

 

Indexada em:


 

 

Realização: