COMUNICAÇÃO ALTERNATIVA COMO INSTRUMENTO EXTERNO DE COMPENSAÇÃO: POSSIBILIDADES PARA A APRENDIZAGEM DE ALUNOS COM MÚLTIPLAS DEFICIÊNCIAS

Maira Gomes de Souza da Rocha, Márcia Denise Pletsch

Resumo


O texto reflete sobre o uso da comunicação alternativa (CA) como ferramenta para possibilitar os processos de aprendizagem e desenvolvimento de alunos com múltiplas deficiências não usuários da linguagem oral. Empregamos os referenciais da pesquisa qualitativa utilizando como procedimentos de coleta de dados observações com registro em diário de campo, entrevistas semiestruturadas e abertas, assim como filmagens das práticas docentes. A pesquisa foi realizada com duas professoras do Atendimento Educacional Especializado (AEE) de uma escola pública da Baixada Fluminense e quatro alunos com múltiplas deficiências por elas atendidos. Com base na perspectiva histórico-cultural nossos resultados, entre outras questões, evidenciaram possibilidades de aprendizagem desses sujeitos; a importância da utilização de recursos de CA, os quais em função das especificidades dos sujeitos com múltiplas deficiências acabavam funcionando como instrumentos de compensação em benefício do processo de ensino e aprendizagem destes alunos.

Palavras-chave


Deficiência múltipla; comunicação alternativa; processos de ensino e aprendizagem

Texto completo:

PDF

Referências


BRASIL, Programa de Capacitação de Recursos Humanos do Ensino Fundamental:

Deficiência Múltipla. Brasília, DF: Ministério da Educação, Secretaria de Educação Especial. (Série Atualidades Pedagógicas). Brasília, 2000.

DAINEZ, D. Constituição Humana, Deficiência e Educação: Problematizando o Conceito de Compensação na Perspectiva Histórico-Cultural. Tese de Doutorado. Programa de Pós-Graduação em Educação. Universidade Estadual de Campinas. Campinas/SP, 2014.

GLAT, R.; PLETSCH, M. D. Inclusão escolar de alunos com necessidades educacionais especiais. Série Pesquisa em Educação. Editora EduERJ, RJ, 2012.

GÓES, M. C. R. de. A abordagem microgenética na matriz histórico-cultural: uma perspectiva para o estudo da constituição da subjetividade. In: Cadernos Cedes, ano XX, nº 50, Abril, 2000.

MINAYO, M. C. Pesquisa social – teoria, método e criatividade. Petrópolis: Vozes, 1994.

PELOSI, M. B. A comunicação alternativa e ampliada nas escolas do Rio de Janeiro: formação de professores e caracterização dos alunos com necessidades educacionais especiais. Dissertação (Mestrado em Educação) UERJ, 2000.

PLETSCH, M. D. Deficiência múltipla: formação de professores e processos de ensino-aprendizagem. Cadernos de Pesquisa, v. 45, p. 12-29, 2015.

PLETSCH, M. D. Escolarização e desenvolvimento de alunos com deficiência intelectual e múltipla. Relatório de Pesquisa. Nova Iguaçu, 2018.

ROCHA, M. G. de S. da.; PLETSCH, M. D. O Atendimento Educacional Especializado (AEE) para alunos com múltiplas deficiências frente às políticas de inclusão escolar: um estudo sobre as práticas pedagógicas. In: Revista Aleph (UFF. Online), v. VIII, p. 229-243, 2013.

ROCHA, M. G. de S. da. Processos de ensino e aprendizagem de alunos com múltiplas deficiências no AEE à luz da teoria histórico-cultural. 2014. 233 p. Dissertação (Mestrado em Educação) Instituto de Educação / Instituto Multidisciplinar / PPGEduc / Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Nova Iguaçu, RJ. 2014.

ROCHA, M. G. de S. da.; PLETSCH, M. D. Deficiência múltipla: disputas conceituais e políticas educacionais no Brasil. In: Revista Cadernos de Pesquisa. v. 22, n. 1, São Luís, MA, jan./abr. 2015.

ROCHA, M. G. de S. da. A escolarização como princípio para o desenvolvimento humano de alunos com múltiplas deficiências. Texto de Qualificação de Tese. Doutorado em Educação. Programa de Pós-Graduação Em Educação, Contextos Contemporâneos e Demandas Populares (PPGEduc). Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro. Nova Iguaçu, 2017.

SILVEIRA, F. F.; NEVES, M. M. B. J. Inclusão Escolar de Crianças com Deficiência Múltipla: Concepções de Pais e Professores. In: Psicologia: Teoria e Pesquisa Vol. 22 n. 1, pp. 079-088, Jan-Abr 2006.

VIGOTSKI, L. S. Fundamentos da defectologia (Obras escogidas) volume V. Visor. Madrid, 1997.




DOI: https://doi.org/10.12957/riae.2018.32774

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


e-ISSN: 2359-6856

 


Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

 

 

Indexada em:


 

 

Realização: