ATIVISMO NO ENSINO DE INGLÊS: APRENDENDO EM REDE

Eloisa Fatima Figueiredo Semblano Gonçalves, Maria Luiza Magalhães Bastos Oswald, Carla Sena dos Santos Pinto

Resumo


O artigo versa sobre experiências de jovens mediadas por tecnologias digitais em rede e as táticas praticadas por estes para o aprendizado do inglês. Inicialmente, são analisadas mudanças na organização da sociedade ocorridas com o surgimento e popularização dos processos comunicacionais digitais. Em seguida, são apresentadas oficinas realizadas como procedimento metodológico escolhido para o desenvolvimento do estudo. As oficinas mostraram que o trabalho com o celular e o uso de diferentes aplicativos potencializam os modos de aprender e ensinar na era da conectividade. Os achados da pesquisa revelam que mobilidade, ubiquidade e conectividade estão diretamente ligadas às formas de ensinar e aprender inglês propiciam autoria e a tessitura colaborativa de conhecimentos.


Palavras-chave


Digital em rede, dispositivos móveis, ensino de inglês.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/teias.2019.46501

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 1518-5370 [impresso] • 1982-0305 [eletrônico]
Teias, uma publicação eletrônica do Programa de Pós-Graduação em Educação – ProPEd/UERJ
Qualis/Capes - A2 (2017/2018) 
DOI: 10.12957/teias

 

Licença Creative Commons

Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional