ATENDIMENTO EDUCACIONAL ESPECIALIZADO: O QUE PENSAM PROFESSORES SOBRE SUA ATUAÇÃO E FORMAÇÃO

Marco Antonio Melo Franco, Cristiane Dias Ribeiro, Fabiana Nascimento de Almeida

Resumo


O desafio colocado para a atuação do professor no atendimento educacional especializado (AEE) nos levou a investigar  o que pensam  professores de AEE acerca da formação docente, particularmente, a formação para atuar no AEE. Trata-se de um estudo de caso desenvolvido com professores de salas multifuncionais (AEE) de escolas públicas do município de Ouro Preto. O Estudo evidencia que embora existam politicas nacionais para a inclusão em educação, nem sempre os municípios desenvolvem essas políticas a contento. Revela que o investimento público na formação do professor tem sido mínimo obrigando o sujeito professor a buscar a sua formação de forma individual e solitária. Podemos dizer que, com muito esforço, esse professor se faz profissional, nesse campo, tecendo remendos na sua formação.


Palavras-chave


Inclusão em Educação; Atendimento Educacional Especializado; Formação docente

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/teias.2019.38697

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 1518-5370 [impresso] • 1982-0305 [eletrônico]
Teias, uma publicação eletrônica do Programa de Pós-Graduação em Educação – ProPEd/UERJ
Qualis/Capes - A2 (2017/2018) 
DOI: 10.12957/teias

 

Licença Creative Commons

Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional