AULAS DE PRODUÇÃO TEXTUAL EM LÍNGUA PORTUGUESA NO ENSINO MÉDIO: um relato de experiência

Maria Lucia Marcondes Carvalho Vasconcelos, Valéria Bussola Martins

Resumo


O presente artigo relata uma experiência levada a efeito em turma da 3a. série do Ensino Médio de escola pública da cidade de São Paulo, no âmbito das atividades do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID), da CAPES. Objetivou-se tornar mais atraentes e eficazes as aulas de produção de texto em Língua Portuguesa, tomando-se como corpus de análise notícias inéditas redigidas por alunos e postadas no Facebook, rede social largamente utilizada por eles. O projeto deu voz aos alunos que expuseram suas pesquisas e seus pontos de vista acerca de temas por eles considerados importantes. O Facebook funcionou como uma ferramenta pedagógica atual, facilitadora do processo, e como estratégia de ensino motivadora dos discentes.

 

DOI: https://doi.org/10.12957/teias.2017.26151



Palavras-chave


Ensino Médio; Língua Portuguesa; produção textual

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/teias.2017.26151

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 1518-5370 [impresso] • 1982-0305 [eletrônico]
Teias, uma publicação eletrônica do Programa de Pós-Graduação em Educação – ProPEd/UERJ
Qualis/Capes - A2 (2017/2018) 
DOI: 10.12957/teias

 

Licença Creative Commons

Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional