DESAFIOS NA FORMAÇÃO DOS PROFESSORES PARA O USO DAS TECNOLOGIAS ASSISTIVAS COM A DEFICIÊNCIA VISUAL

FÁTIMA REGINA PRETI, Raquel Rosan Christino Gitahy, CARMEN LÚCIA DIAS, Sandra Fogaça Rosa Ribeiro

Resumo


O presente estudo tem como objetivo geral compreender a concepção dos professores em uma escola da rede pública da cidade de Araçatuba-SP, sobre o conhecimento e o savoir-faire relativo às Tecnologias Assistivas (TA), em ambiente computacional, para o deficiente visual. A metodologia é de natureza empírica e de caráter qualiquantitativo, utilizando a entrevista semiestruturada com 22 sujeitos. A análise usou o Discurso do Sujeito Coletivo e os resultados indicam, que a dificuldade maior em utilizar as TA em ambiente computacional se dá por fatores relacionados a crenças e valores que ora tendem para concepções ao modo como a deficiência é entendida, ora pela resistência a transformações nas práticas pedagógicas relacionadas ao uso das Tecnologias Assistivas em ambiente computacional

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 1518-5370 [impresso] • 1982-0305 [eletrônico]
Teias, uma publicação eletrônica do Programa de Pós-Graduação em Educação – ProPEd/UERJ
Qualis/Capes - A2 (2017/2018) 
DOI: 10.12957/teias

 

Licença Creative Commons

Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional