A PERMANÊNCIA DA DISCIPLINA ENSINO RELIGIOSO NO CURRÍCULO ESCOLAR BRASILEIRO

Ana Maria Gonçalves, Tamires Alves Muniz

Resumo


O objetivo desse artigo é problematizar a permanência da disciplina Ensino Religioso no currículo das escolas públicas brasileiras, dado o caráter laico do ensino e o caráter marcadamente religioso que legitima a oferta dessa disciplina, considerando, em especial, sua trajetória entre os anos 1980 e início dos anos 2000, período rico em debates e implantação de políticas públicas para a área. O estudo se insere no campo da história das disciplinas escolares e adota a perspectiva sócio-histórica de currículo. Os resultados indicam que a disciplina Ensino Religioso segue trajetória semelhante à de outras disciplinas escolares, mas guarda uma particularidade quanto aos padrões de configuração, o fato de ter grupos externos ao campo educacional como sua comunidade disciplinar forte.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 1518-5370 [impresso] • 1982-0305 [eletrônico]
Teias, uma publicação eletrônica do Programa de Pós-Graduação em Educação – ProPEd/UERJ
Qualis/Capes - A2 (2017/2018) 
DOI: 10.12957/teias

 

Licença Creative Commons

Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional