NIILISMO E EDUCAÇÃO: QUESTÕES EM ABERTO

Francisco José Dias de Moraes

Resumo


Resumo

A consciência critica associada ao ideal de autonomia representa um dos mais importantes legados do Iluminismo para a nossa autoconsciência atual. Queremos que a educação contribua para formar indivíduos críticos e autônomos. O presente trabalho busca questionar, desde dentro, esse ideal, à medida que nele se faz presente, como seu pressuposto fundamental, a anulação da tradição: o niilismo. Ser professor, no entanto, implica em deixar falar a tradição, para além de todo tradicionalismo e de todo criticismo. De acordo com isso, este trabalho procurará ser desenvolvido em torno de determinadas questões desde um entrelaçamento de niilismo e educação.

Palavras-chave: educação, niilismo, criticismo

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 1518-5370 [impresso] • 1982-0305 [eletrônico]
Teias, uma publicação eletrônica do Programa de Pós-Graduação em Educação – ProPEd/UERJ
Qualis/Capes - A2 (2017/2018) 
DOI: 10.12957/teias

 

Licença Creative Commons

Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional