UMA REFLEXÃO SOBRE INCLUSÃO, POBREZA E ACESSO AO SISTEMA EDUCACIONAL NO BRASIL RECENTE

Gabriela Rizo

Resumo


O artigo trata do tema da inclusão como objeto das políticas de ampliação do acesso das camadas populares, observando que isto vem ocorrendo em termos quantitativos nas últimas duas décadas, sobretudo no que tange à universalização do ensino fundamental, crescimento da rede de ensino médio e maior acesso à universidade. Mas precisa ocorrer também qualitativamente. Neste sentido, o crescimento do acesso ao sistema educacional por si só não contribuirá com a diminuição da desigualdade social, caso não seja acompanhado de outras políticas públicas que visem a melhoria das condições de educabilidade da população, uma vez que, ao mesmo tempo em que a educação é uma das condições da diminuição das mazelas sociais brasileiras, sua qualidade é diretamente impactada por estas.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 1518-5370 [impresso] • 1982-0305 [eletrônico]
Teias, uma publicação eletrônica do Programa de Pós-Graduação em Educação – ProPEd/UERJ
Qualis/Capes - A2 (2017/2018) 
DOI: 10.12957/teias

 

Licença Creative Commons

Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional