A CONSTRUÇÃO DA ESCOLARIZAÇÃO EM ALUNOS COM GRAVES TRANSTORNOS NO DESENVOLVIMENTO

Carlos Alberto Severo Garcia Junior

Resumo


A escola é um lugar de registro nas relações entre alunos, onde as representações simbólicas amadurecem. O presente trabalho tem como finalidade discutir o desenvolvimento de aspectos simbólicos no espaço escolar, balizando uma análise acerca dos alunos com transtornos graves do desenvolvimento. Primeiramente, repensando o papel da escola nos processos inclusivos e em seguida apostando na escola como um lugar de poder subjetivo capaz de considerar as necessidades educativas em alunos com graves transtornos. Assim, mesmo com falhas e faltas, a escola é uma instituição importante, capaz de realizar uma ligação entre dois mundos (interno e externo). Esta denominação de lugar social é essencialmente importante para as crianças com dificuldades que, muitas vezes, não conseguem produzir laços sociais.

Texto completo:

Texto completo [PDF]

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 1518-5370 [impresso] • 1982-0305 [eletrônico]
Teias, uma publicação eletrônica do Programa de Pós-Graduação em Educação – ProPEd/UERJ
Qualis/Capes - A2 (2017/2018) 
DOI: 10.12957/teias

 

Licença Creative Commons

Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional