A DIVERSIDADE E SEUS SENTIDOS NOS PARÂMETROS CURRICULARES NACIONAIS (5ª A 8ª SÉRIES DO ENSINO FUNDAMENTAL): QUESTÕES PRÉVIAS

Helena Ponce Maranhão

Resumo


Na perspectiva de uma aproximação de questões que tocam a tensão entre homogeneidade e diversidade, pretende-se realizar um reconhecimento prévio e necessário de significações propostas para qualificar a problemática da diversidade cultural. Toma-se, para tanto, como suporte empírico da análise a abordagem da cultura e de sua pluralidade expressa nos PCN. Tais orientações curriculares formam terreno fecundo para discutir não apenas tendências valorativas e comportamentais que se pretende implementar, mas também reavaliar os sentidos assumidos e negociados na dinâmica de difusão, disseminação e apropriação. A análise proposta concerne ao campo sociológico das relações entre simbolismo, cultura e poder.

Palavras-chave


currículo nacional; identidade; diversidade cultural.

Texto completo:

Texto completo [PDF]

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 1518-5370 [impresso] • 1982-0305 [eletrônico]
Teias, uma publicação eletrônica do Programa de Pós-Graduação em Educação – ProPEd/UERJ
Qualis/Capes - A2 (2017/2018) 
DOI: 10.12957/teias

 

Licença Creative Commons

Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional