A PRÁTICA PEDAGÓGICA NO ESTÁGIO DO ENSINO FUNDAMENTAL

Fernando Silvio Cavalcante Pimentel, Alane de Almeida Santos, Fernanda Alexandre da Silva Gomes

Resumo


Este trabalho apresenta as reflexões sobre a prática pedagógica do professor dos anos iniciais associado à experiência vivenciada pelas discentes da disciplina do Estágio Supervisionado IV em sua formação acadêmica. De natureza qualitativa, oestudo tem como instrumento tecnológico para coleta de dados, a pesquisa documental. O objetivo desse artigo é identificar as diferentes práticas metodológicas utilizadas pelos estagiários para mediar sua prática pedagógica na sala de aula, enquanto intervenção no Estágio do Ensino Fundamental I.Utilizamos como apoio teórico os estudos de Morais (1994), Saviani (2009), Tardif (2012), Libânio (1994), Documentos oficiais: LDB, PPC Pedagogia, entre outros. Nesse contexto, discute-se a Formação do professor, a Metodologia e Didática do Ensino Fundamental e por fim, apresentamos a análise dos dados, na qual expomos as metodologias mais utilizadas pelos discentes do Curso de Pedagogia.


Palavras-chave


Formação de professores. Práticas pedagógicas. Metodologias do ensino.

Texto completo:

PDF

Referências


BEAUCHAMP, Janete; PAGEL, Sandra Denise; NASCIMENTO, Aricélia Ribeiro do (Orgs). Ensino fundamental de nove anos: orientações para a inclusão da criança de seis anos de idade. Brasília: Ministério da Educação, Secretaria da Educação Básica, 2007.

BORSSOI, Berenice. O estágio na formação docente: da teoria a prática, ação-reflexão. UNIOESTE: Cascavel / PR, 2008.

BRASIL. LDB: Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Lei nº 9.394, de 1996. Rio de Janeiro: Pargos, 1997.

CARRER, Andrea Camara. Práticas pedagógicas, profissão docente e formação: perspectivas sociológicas. Perrenoud, Phillippe. Lisboa, Portugal:Dom Quixote, 1993. 205p.

COSTA, C. M; BARROS, A. M. A; CAVALCANTE, M. A. S. Didática Geral. Maceió:EDUFAL, 2003.

EDUCAÇÃO, Ministério. Apresentação. MEC, 2016. Disponível em: . Acesso em: 01 de maio de 2017.

GERHARDT, T. E; SILVEIRA, D. T. Métodos de pesquisa. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2009, disponível em: . Acesso em: 08 de abril de 2017.

GIBBS, Graham.Análise de dados qualitativos: Coleção Pesquisa Qualitativa. Bookman Editora, 2009. ISBN 8536321334, 9788536321332.

GUIMARÃES, A.C. A importância do lúdico nas séries iniciais: o jogo e a brincadeira como elementos didáticos das aulas de educação física. Barra do Bugre-MT. 2014, disponível em: . Acesso em: 01 de maio de 2017.

GERHARDT, T. E; SILVEIRA, D. T. Métodos de pesquisa. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2009, disponível em: . Acesso em: 08 de abril de 2017.

______. Conselho Nacional de Educação/Ministério da Educação. Parecer nº6 de 2005. Reexame do Parecer CNE/CEB 24/2004, que visa o estabelecimento de normas nacionais para a ampliação do Ensino Fundamental para nove anos de duração.Relatores: Murilo de A. Hingel, Maria B. Luci e Artur F. Filho. CEB, Brasília, DF, 08 de junho. 2005.

LIBÂNEO, José Carlos. Didática. São Paulo: Cortez, 1994.

MASETTO, Marcos Tarciso, 1937 – Didática: a aula como centro/Marcos Tarciso Masetto – 4ª ed. – São Paulo. FTD, 1997. – (Coleção aprender e ensinar). ISBN 85-3221172-0.

MORAES, Iara Domingos apud Pimenta, Selma Garrido. Um Estudo sobre o Estágio na formação de professores: unidade teoria e práticas? (1994), de Selma Garrido Pimenta. São Paulo: Editora Cortez, 1994.

NÓVOA, António, 1954. Formação de professores e trabalho pedagógico. Lisboa: Educa, 2002. ISBN 972-8036-48-5.

NUNES, Célia, 2001 apud Nóvoa, António.Saberes docentes e formação de professores: um breve panorama da pesquisa brasileira. Educação & Sociedade, disponível em: http://www.scielo.br/pdf/es/v22n74/a03v2274. Acesso em: 15 de março de 2017.

OSTETTO, Luciana Esmeralda.O estágio curricular no processo de tornar-se professor. In: OSTETTO, Luciana E.Educação Infantil:saberes e fazeres daformação de professores. –Campinas, SP: Papirus, 2008.

OSTETTO, Luciana E. Observação, registro, documentação: nomear e significar as experiências.In. Educação infantil: saberes e fazeres da formação de professores. Campinas: Papirus, 2008.p. 13-32.

PAÇO, Glaucia Machado. O encanto da literatura infantil no CEMEI Carmem Montes Paixão. Mesquita. Rio de Janeiro, 2009.

FREIRE,Paulo. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa / Paulo Freire, São Paulo, Paz e Terra, 2011.

PEREIRA, Juliana Aparecida Dumont; FERREIRA, Maria Helena. Construtivismo: (Des)metodotização do processo de alfabetização.

PIMENTA, Selma Garrido; LIMA, Maria. Estágio e docência: diferentes concepções. Revista Poíesis, v.3, n.3 e 4, pp.5-24. 2005/2006.

SAVIANI, Dermeval. Educação escolar, currículo e sociedade: os saberes necessários à formação docente. In: 2º Simpósio Internacional de Formação Docente: El currículum, um espacio de participación. Campinas, 2009. p.1 - 15.

TARDIF, Maurice. Saberes docentes e formação profissional/Maurice Tardif. 13. ed. – Petrópolis, Rio de Janeiro: Vozes, 2012.

VERÇOSA, Elcio. et al. Projeto Pedagógico do Curso de Pedagogia, Alagoas, 2006.

VICENTINI, Paula Perin; LUGLI, Rosário Genta. História da profissão docente no Brasil: representações em disputa. São Paulo: Cortez, v. 4. p.27 – 66, 2009.




DOI: https://doi.org/10.12957/redoc.2018.33011

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Indexadores:

           


Índice de citação de artigos:


Visualizações:

 


Licença:

  Esta obra está licenciada com uma Licença  Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.