Logos

A Logos foi criada em 1990 para oferecer um espaço de difusão da produção acadêmico-científica na área de Comunicação no país. Foi uma publicação impressa até 2007. Em 2004 ganhou também uma versão eletrônica. Desde 2007, tornou-se inteiramente online e recebeu um e-ISSN, mantendo a periodicidade semestral. Seu objetivo editorial é colaborar com a consolidação da produção científica na área de Comunicação através da publicação de textos frutos de pesquisa e/ou de reflexões aprofundadas de pares e de pesquisadores de instituições reconhecidas no Brasil e no exterior.

e-ISSN: 1982-2391 | ISSN: 0104-9933 | Ano de criação: 1990 - impresso, 2007 - eletrônico | Área do conhecimento: Comunicação | Qualis: B1 (Comunicação e Informação)


Acesse a Edição Atual

Notícias

 

Chamada de submissões Dossiê Decolonialidade e política das imagens

 

Editores convidados:


Fernando Gonçalves (Uerj)
Daniel Meirinho (UFRN)
Michele Salles (EBA-UFRJ/Universidade de Coimbra)

Os desafios de nosso presente exigem de nós um exercício politico de imaginação e também de produção daquilo que alguns pensadores, operando na perspectiva decolonial, chamam de “conhecimento situado” (HARAWAY, 1999). Seja por pedagogias e epistemologias da encruzilhada (RUFINO, 2019) ou por saberes que misturam, reprocessam, regurgitam e permitem repensar as relações entre teoria e prática, centro e periferia, colônia e metrópole, racionalidade e afeto, vida e
representação, um conhecimento situado abraça incertezas e precariedades para construir um comum diverso, dissonante e implicado.

 
Publicado: 2020-06-05 Mais...
 
Outras notícias...

v. 27, n. 1 (2020): Dossiê Instabilidade e conflito das/nas imagens


Capa da revista
Imagem da capa: Gê Viana