A IMPORTÂNCIA DA EDUCAÇÃO FÍSICA PARA O DESENVOLVIMENTO MOTOR DE CRIANÇAS E JOVENS COM TRANSTORNOS DO ESPECTRO AUTISTA

Matheus Ramos da Cruz, Jomilto Praxedes

Resumo


O estudo objetivou identificar as estratégias utilizadas com uso da educação física e suas possíveis contribuições para o aprimoramento motor de crianças e jovens com TEA. Foi realizada uma revisão bibliográfica com artigos e dissertações completos publicados entre o período de 2000 a 2016 nas bases de dados Pubmed, Scielo, Pepsic, Lilacs e Latindex. Os artigos indicaram a utilização de jogos, práticas esportivas, atividades aquáticas, gincanas, exercícios de fortalecimento muscular, de equilíbrio e psicomotricidade, práticas motoras com trampolins e atividades ao ar livre. As intervenções demonstraram diminuição de  estereotipias, aumento do repertório motor, desenvolvimento da coordenação motora, do equilíbrio, da agilidade e do controle postural, e melhorias em aspectos sociais e comunicativos. Conclui-se que a educação física pode contribuir para o desenvolvimento motor de crianças e jovens com TEA por meio de um programa de exercícios especificamente elaborado.

 [R1]Seria bom colocar o significado da sigla que aparece pela primeira vez no texto, pois nem todos os leitores dominam a área.


Texto completo:

PDF PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/e-mosaicos.2018.33622


ISSN: 2316-9303 | Indexada em: