CONSIDERAÇÕES SOBRE O COTIDIANO EM UMA TURMA DE ACELERAÇÃO

Andressa Batista Coelho, Dandara Ribeiro Pinto, Franco Gomes Biondo, Thays Merolla Piubel

Resumo


Este texto tem como objetivo compartilhar a experiência do grupo de pesquisa e extensão ConPAS – Conversas entre Professores: Alteridades e Singularidades – formado por docentes e graduandos de diversas licenciaturas, ambos da Universidade Federal do Rio de Janeiro. A partir da vivência do grupo em uma escola municipal da cidade do Rio de Janeiro, o texto apresenta algumas considerações a partir de duas perspectivas: formação docente inicial e continuada; e práticas escolares cotidianas. Tais reflexões tratam do que foi experienciado pelo grupo durante o ano em que acompanhou uma turma do Programa Acelera Brasil, elaborado pelo Instituto Ayrton Senna. O texto propõe refletir acerca da falta de efetividade de um modelo de educação pautado na parceria público-privada e na centralidade do material didático, avaliando de que maneira essa conjuntura repercute na autonomia docente e nos sujeitos-alvo dessa política, os estudantes, reforçando a identidade do fracasso escolar.


Palavras-chave


Acelera Brasil; Autonomia docente; Cotidiano escolar.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/e-mosaicos.2018.29996


ISSN: 2316-9303 | Indexada em: