Classificação de alimentos NOVA: comparação do conhecimento de estudantes ingressantes e concluintes de um curso de Nutrição

Bruna Menegassi, Carla Maiara Lopes Cardozo, Fernanda Ramos Langa, Caroline Camila Moreira, Verônica Gronau Luz

Resumo


Introdução: A segunda edição do Guia Alimentar para a População Brasileira utiliza a classificação NOVA de alimentos nas recomendações para uma alimentação saudável. Essa classificação, portanto, desempenha importante papel na formação de nutricionistas. Objetivo: Comparar o conhecimento da classificação NOVA de alimentos entre estudantes ingressantes e concluintes de Nutrição. Métodos: Estudo transversal realizado em 2016 com estudantes ingressantes e concluintes de um curso de Nutrição do Mato Grosso do Sul. Questionário contendo 30 alimentos foi aplicado com estudantes que os classificaram em: in natura ou minimamente processado, ingrediente culinário processado, processado ou ultraprocessado. O conhecimento foi avaliado por meio de escore de classificações corretas, global e por grupo alimentar. Para análise comparativa, foi utilizado teste U de Mann-Whitney (significância p≤0,05). Resultados: Participaram 69 estudantes (64% ingressantes). O escore global de classificações corretas foi significativamente maior (p=0,000) nos concluintes (mediana=17) comparado aos ingressantes (mediana=14). O escore de classificações corretas entre ingressantes e concluintes apresentou diferenças significativas para todos os grupos alimentares, excetuando ingredientes culinários (p=0,117). Entre todos estudantes, o grupo ingrediente culinário obteve o menor percentual de acertos (24,1%), e ultraprocessado, obteve o maior percentual (77,8%). Conclusão: Apesar do maior conhecimento dos concluintes em relação aos ingressantes, identificou-se um conhecimento insatisfatório sobre a classificação NOVA em ambos. É importante garantir o aprendizado de estudantes de Nutrição quanto à NOVA, uma vez que esta classificação é central na orientação nutricional da população brasileira e, portanto, passa a ser ferramenta fundamental na atuação do profissional nutricionista.


Palavras-chave


Estudantes. Conhecimento. Alimentos. Guias alimentares.

Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: https://doi.org/10.12957/demetra.2020.48711

e-ISSN: 2238-913X


Esta revista está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.