APRENDIZAGEM BASEADA EM PROBLEMAS NO ENSINO HÍBRIDO: PERSPECTIVAS PARA O ENSINO SUPERIOR

Autores

DOI:

https://doi.org/10.12957/redoc.2022.63576

Palavras-chave:

Aprendizagem baseada em problemas (ABP). Ensino Híbrido. Tecnologia. Metodologia Ativa. Sequência Didática.

Resumo

A presente proposta didática surgiu a partir da necessidade de investigar como os professores do ensino superior de um curso de nutrição abordam as novas tecnologias perante os conteúdos de uma disciplina do 4° período de graduação e a possibilidade da inserção de uma proposta de uso de atividades on-line. Analisar as contribuições metodológicas do uso de estratégia baseada em problemas (ABP) para a proposição de atividades presenciais e on-line no uso das tecnologias digitais da informação e comunicação (TDIC) no ensino híbrido, baseado em conhecimentos prévios em contextos reais, enfatizando a relevância de uma proposta de ensino e a caracterização das ferramentas e suas potencialidades. De abordagem qualitativa, com proposição teórica de caráter descritivo. Como resultado a criação de uma sequência didática para o ensino híbrido com o uso das TDIC, levando o aprendizado do estudante de uma forma efetiva e a reflexão do professor sobre o seu próprio processo de aprendizagem.

Biografia do Autor

Patrícia Cavalcante de Sá Florêncio, Instituto federal de Alagoas - IFAL

Possui graduação em Enfermagem e Obstetrícia pela Universidade Federal de Alagoas (1996). Pós graduação em Administração hospitalar, em Metodologia do Ensino Superior, em Saúde Pública com ênfase em Gerência de Serviços e Saúde da Família e em Enfermagem do trabalho. Mestra em Ensino na Saúde pela Universidade Federal de Alagoas. Atualmente é professora do Curso Técnico de Enfermagem do Instituto Federal de Alagoas, Campus Avançado Benedito Bentes, atuando na área de Saúde Coletiva, Saúde da Mulher.

André Luis Canuto Duarte Melo, Instituto Federal de Alagoas - IFAL

Professor EBTT do Instituto Federal de Educação, Tecnológica de Alagoas - IFAL, com atuação nos cursos Integrado e subsequentes. Mestre em Educação pela Universidade Federal de Sergipe (2016). Especialização em Segurança do Trabalho pela Faculdade de Alagoas-FAT (2013). Formação para a Docência do Ensino Superior pela Fundação Educacional Jayme de Altavila - FEJAL (2007). Licenciatura Plena em Matemática pela Faculdade - CESMAC (2009). Graduado em Engenharia Elétrica pela Fundação Educacional Jayme de Altavila-FEJAL em Maceió (2004) e Técnico em Edificações pela escola Técnica Federal de Alagoas - ETFAL (1994). Realizou alguns curso na formação com tecnologia na educação em sistema hibrido e remoto. Possui publicações nacionais. Orientações dos alunos nas modalidades integrado e subsequentes nos seu estágios profissionais, com duração de 4 meses. Minha linha de pesquisa é tecnologia, avaliação, sistema hibrido e remoto, formação de professores. Trabalhou por 8 ano pela empresa privada REDE GLOBO DE TELEVISÃO, no setor de Engenharia, em 2013, entrou em exercício como Professor efetivo do Instituto Federal de Sergipe (IFS) Campus Estância, onde atuou como coordenador da CCDD-Controle Docente e Discente, no período de 12 de agosto de 2016 à 25 de abril de 2018 e recentemente no dia 27 de abril de 2018 saiu portaria no diário D.O de redistribuição de Sergipe para Alagoas Campus Maceió, trabalhei em Sergipe aproximadamente por 5 anos e 6 meses, hoje atualmente professor efetivo do IFAL, que entrei exercícios em 11 de maio de 2018, tem experiência na área de Engenharia Elétrica, com ênfase em sistema de potência e telecomunicação, atuando principalmente nos seguintes temas: educação, tecnologia, elétrica e automação. Tem experiência e publicações nas áreas de Educação, Comunicação e Tecnologias, atuando principalmente nos seguintes temas: educação, tecnologias da informação e comunicação, interatividade, educação formação de professor, TV digita, e automação.

Luís Paulo Leopoldo Mercado, Universidade Federal de Alagoas - UFAL

Bolsista de Produtividade do CNPq. Professor Titular da Universidade Federal de Alagoas com atuação na graduação nos cursos de Educação Física (Licenciatura e Bacharelado) e em Pedagogia e na Pós-Graduação (Mestrado e Doutorado) em Educação e no Doutorado em Rede em Ensino de Ciências (RENOER). Doutor em Educação (PUC/SP, 1998), Mestre em Educação (UFSM, 1993), Especialista em Formação de Professores em Mídias na Educação (UFAL, 2010), Licenciado em Ciências Biológicas Licenciatura Plena (UFSM, 1989). Bacharel em Direito (CESMAC, 2012). Realizou Aperfeiçoamento em Formação em Tutoria Online pela Organização dos Estados Americanos (OEA/INEAM) e em Melhoria da Qualidade da Educação pela UNESCO (UNESCO/OEA). Professor vinculado ao Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal de Alagoas. Lider do Grupo de Pesquisa Tecnologias da Informação e Comunicação na Formação de Professores Presencial e Online, certificado pelo CNPq. Na Gestão Universitária da Universidade Federal de Alagoas, exerceu os seguintes cargos: Direção da Coordenadoria Institucional de Educação a Distância (Cied), Coordenador da Universidade Aberta do Brasil, Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Educação por duas gestões,Chefe do Departamento de Teorias e Fundamentos da Educação do Centro de Educação. Tem experiência na área de Educação a Distância Online e Tecnologias da Informação e Comunicação na Educação, atuando principalmente nos seguintes temas: formação de professores, formação continuada de professores, educação a distância, Tecnologias da Informação e Comunicação. Avaliador Institucional do INEP. Avaliador do INEP para Credenciamento de IES e polos para oferta de Educação a Distância, Reconhecimento e Renovação de reconhecimento de cursos de Direito. Avaliador ad-hoc da SEED/MEC, Sesu/MEC (Reuni), CAPES, CNPq, FINEP, FAPEAL. Possui publicações nacionais e internacionais na área de Educação a Distância, Tutoria Online e TIC na Educação. Orientou 4 Teses de Doutorado defendidas na Universidade Federal de Alagoas. Co-orientou uma Tese de Doutorado, defendida na Universidade Federal de Pernambuco. Orientou 36 Dissertações de Mestrado defendidas nos Programas de Pós-Graduação em Educação da UFAL, UFPB e Universidade de Aveiro (Portugal).Atualmente orienta 7 teses de doutorado e 2 dissertações de mestrado.

Referências

ARAUJO, Adriana Maria Procópio de; RODRIGUES, Edna de Almeida. O Ensino da Contabilidade: aplicação do método PBL nas disciplinas de contabilidade em uma instituição de ensino superior particular. Anais.... 6º Congresso de Controladoria e Finanças. USP, 27 e 28 de julho de 2006.

AUSUBEL, D. P. Educational psychology: a cognitive view. New York: Holt, Rinehart & Winston, 1968.

BACICH, Lilian; MORAN, José (orgs). Metodologias ativas para uma educação inovadora: uma abordagem teórico-prática. Porto Alegre: Penso, 2018.

BACICH, Lilian; TANZI NETO, Adolfo; TREVISANI, Fernando de Mello. Ensino híbrido personalização e tecnologia na educação. Porto Alegre: Penso, 2015.

CAMARGO, Fausto; DAROS, Thuine. A sala de aula inovadora: estratégias pedagógicas para fomentar o aprendizado ativo. Porto Alegre: Penso, 2018.

CARLINI, A. L. Aprendizagem baseada em problemas aplicada ao ensino de direito: Projeto exploratório na área de relações de consumo. 2006. 295 f. Tese (Doutorado em Educação), Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2006.

DOLZ, Joaquim; NOVERRAZ, Michèle; SCHNEUWLY, Bernad. Sequências didáticas para o oral e a escrita: apresentação de um procedimento. In: DOLZ, J. SCHNEUWLY, B. Gêneros orais e escritos na escola. São Paulo: Mercado das Letras, 2004.

MARKHAM, T.; LARMER, J.; RAVITZ, J. Aprendizagem baseada em projetos. Porto Alegre: Artmed, 2008.

MORAN, José. Metodologias ativas e modelos híbridos na educação. Curitiba: CRV, 2017.

PEREIRA, Clarisse F. et al. Aprendizagem baseada em problemas (ABP): uma proposta inovadora para os cursos de Engenharia. Anais... XIV Simpósio de Engenharia da Produção, 2007.

PRENSKY, Mark. Digital natives, digital immigrants. On the Horizon, v. 9, n. 5, 2001. Trad. Roberta de Moraes Jesus de Souza.

RODRIGUES, Francisco Sandro Menezes. et al. Vantagens da utilização do método de aprendizagem baseada em problemas (MAPB) em cursos de graduação na área da Saúde. RIAEE – Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 14, n. 2, p. 340-353, abr./jun., 2019. Disponível em: file:///C:/Users/Andre/Downloads/josebizelli-2-11660-pbl-atualziado-02nov18-revisado-olhar-referencia-jc-mv%20(1).pdf. Acesso em 10 mar. 2021.

ROSA, P. R. S. Uma introdução à pesquisa qualitativa em ensino de Ciências. Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. Campo Grande. 2013. Disponível em: http://www.paulorosa.docente.ufms.br/Uma_Introducao_Pesquisa_Qualitativa_Ensino_Ciencias.pdf. Acesso em 23 mar. 2021.

SCHNEIDER, Henrique Nou. Um ambiente ergonômico de ensino-aprendizagem informatizado. Tese de Doutorado. Universidade Federal de Santa Catarina. 2002. Disponível em: https://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/83000. Acesso em 17 mar. 2021.

SOUZA, Elmara Pereira de. Educação em tempos de pandemia: desafios e possibilidades. Cadernos de Ciências Sociais Aplicadas, ano 17, número 30, p. 110-118, 2020.

SOUZA, Samir Cristino; DOURADO, Luis. Aprendizagem baseada em problemas (ABP): um método de aprendizagem inovador para o ensino educativo. Holos, v.5, n. 31, p. 185 - 200, Natal, 2015.

SCAICO, Pasqueline Dantas; QUEIROZ, Ruy José Guerra Barretto de. A educação do futuro: uma reflexão sobre aprendizagem na era digital. In: II Congresso Brasileiro de Informática na Educação (CBIE 2013). XXIV Simpósio Brasileiro de Informática na Educação (SBIE 2013).

TADIELLO, Rafaela Bressan. Sequência de ensino investigativa e práticas laboratoriais: novos olhares sobre o ensino de Ciências. Dissertação de Mestrado. Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Porto Alegre, 2020. Disponível em https://www.lume.ufrgs.br/handle/10183/210795?show=full. Acesso em 20 de mar. de 2021.

KENSKI, V. M. Tecnologias e ensino presencial e a distância. 9ª Ed. Campinas, São Paulo: Papirus, 2012.

ZABALA, Antoni. A prática educativa: como ensinar. Porto Alegre: Artmed, 1998.

Downloads

Publicado

2022-10-06

Como Citar

FLORÊNCIO, Patrícia Cavalcante de Sá; MELO, André Luis Canuto Duarte; MERCADO, Luís Paulo Leopoldo. APRENDIZAGEM BASEADA EM PROBLEMAS NO ENSINO HÍBRIDO: PERSPECTIVAS PARA O ENSINO SUPERIOR. Revista Docência e Cibercultura, [S. l.], v. 6, n. 5, p. 267–287, 2022. DOI: 10.12957/redoc.2022.63576. Disponível em: https://www.e-publicacoes.uerj.br/re-doc/article/view/63576. Acesso em: 15 jul. 2024.