Práxis docente e currículo em ação: ensino, pesquisa e extensão narrados em três atos

Autores

  • José Alex Soares Santos Universidade Estadual do Ceará - UECE/Professor Assistente Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ/Estudante de doutorado no Programa de Pós-Graduação em Educação https://orcid.org/0000-0003-2366-9367

DOI:

https://doi.org/10.12957/redoc.2021.56292

Palavras-chave:

Práxis docente. Currículo em ação. Ser docente. Aprender e (des)aprender

Resumo

O presente estudo aborda as conexões entre práxis docente e currículo em ação no espaço da universidade. Desse modo, analisaremos as manifestações do ensino, da pesquisa e da extensão na práxis docente como dispositivos que interagem para a constituição do currículo em ação. Metodologicamente, adotamos o dispositivo da perspectiva freireana, fundado na ação/reflexão/ação para teorizarmos sobre o construto da nossa própria práxis, desenvolvida no chão da universidade, como ser docente. Percebemos, sem desconsiderar as dificuldades existentes e impostas pelo real, que caminhos criativos e inovadores são possíveis de construir, outros de serem potencializados no contexto das universidades, quando cultivamos as diversas conexões entre ensino pesquisa e extensão.

Biografia do Autor

José Alex Soares Santos, Universidade Estadual do Ceará - UECE/Professor Assistente Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ/Estudante de doutorado no Programa de Pós-Graduação em Educação

Pedagogo, mestre em Educação Brasileira, professor do Curso de Licenciatura em Pedagogia, na área de Fundamentos Históricos, Legais e Normativos da Educação.

Referências

ALVES, Giovanni. Tela crítica: Metodologia. São Paulo: Praxis, 2010.

ARAÚJO, T. M. et. al. Mal-estar docente: avaliação de condições de trabalho e saúde em uma instituição de ensino superior. Revista Baiana de Saúde Pública, Salvador v.29, n.1, p.6-21, jan./jun. 2005.

BARROS, Manuel. Poesia completa. São Paulo: Leya, 2010.

BENJAMIN, Walter. A obra de arte na era de sua reprodutibilidade técnica. Org., pref. Márcio Seligmann-Silva; Trad. Gabriel Valladão Silva. Porto Alegre: L&PM, 2017.

BENJAMIN, Walter. A obra de arte na era da sua reprodutibilidade técnica. In BENJAMIN, Walter et. al. Benjamin e a obra de arte: técnica, imagem, percepção. Trad. alemão Marijane Lisboa; trad. inglês Vera Ribeiro. Org. Tadeu Capistrano. – 1. reimp. – Rio de Janeiro: Contraponto, 2015. p. 11-42.

BENJAMIN, Walter. Ensaios sobre Brecht. Trad. Claudia Abeling. São Paulo: Boitempo, 2017.

BENJAMIN, Walter. Rua de mão única. Trad. Rubens Rodrigues Torres Filho; José Carlos Martins Barbosa. São Paulo: Brasiliense, 1987. (Obras Escolhidas, v. II).

BERGALA, Alain. A hipótese-cinema. Trad. Mônica Costa Netto, Silvia Pimenta. Rio de Janeiro: Booklink; CINEAD-LISE-FE/UFRJ, 2008.

CAMÕES, L. V. 200 sonetos. Porto Alegre: L&PM, 2007.

FACCI, M. G. D. Valorização ou esvaziamento do trabalho do professor? Um estudo crítico-comparativo da teoria do professor reflexivo, do construtivismo e da psicologia vigotskiana. Campinas, SP: Autores Associados, 2004. (Coleção formação de professores).

FERREIRA, M. A. Instituições particulares de ensino superior e docência: uma análise da qualidade da prestação de serviços e sua relação com a subjetividade do docente. 132f. 2005. Dissertação (Mestrado em Administração) – Universidade Estadual de Maringá e Universidade Estadual de Londrina, Londrina, 2005.

FRESQUET, Adriana. Cinema e educação: reflexões e experiências com professores e estudantes de educação básica, dentro e “fora” da escola. Belo Horizonte: Autêntica, 2013.

FRESQUET, Adriana (org.). Imagens do desaprender: uma experiência de aprender com o cinema. Rio de Janeiro: Booklink; CENEAD – LISE – FE/UFRJ: 2007.

GASPARINI, S. M.; BARRETO, S. M.; ASSUNÇÃO, A. Á. O professor, as condições de trabalho e os efeitos sobre sua saúde. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 31, n. 2, p. 189-199, maio/ago. 2005.

HUBERMAN, M. O ciclo de vida profissional dos professores. In: NÓVOA, A. (Coord.). Vidas de professores. 2. ed. Porto: Porto Editora, 1995, p. 31-62.

INCONTRI, D. Pestalozzi: educação e ética. São Paulo: Scipione, 1997. (Pensamento e ação no magistério).

MANCEBO, D.; MAUÉS, O.; CHAVES, V. L. J. Crise e reforma do Estado e da Universidade Brasileira: implicações para o trabalho docente. Educar, Curitiba, n. 28, p. 37-53, 2006.

MELO NETO, J. C. A educação pela pedra e outros poemas. Rio de Janeiro: Objetiva, 2008.

NERUDA, P. Cem sonetos de amor. Porto Alegre: L&PM, 2007.

OLIVEIRA, C. B; GONÇALVES, G. B. B. Precarização do trabalho docente na Argentina, Colômbia e Brasil: um estudo comparado. In: Segundo Congreso Nacional/ Primer Encuentro Latinoamericano de Estudios Comparados en Educación. Hacia uma educación de calidad para todos. Desafios para la perspectiva comparada. Buenos Aires. Anais... Buenos Aires: [S.l.], 2007.

OURIQUE, M. L. H; OURIQUE, J. L. P. Diferentes olhares sobre a docência: de qual professor estamos falando? Diálogo Educacional, Curitiba, v. 14, n. 42, p. 477-499, maio/ago. 2014.

PERISSÉ, Gabriel. Pedagogia do encontro. São Paulo: Factash, 2012.

PIMENTA, S. G.; ANASTASIOU, L. G. C. Docência no ensino superior. São Paulo: Cortez, 2002. (Coleção docência em formação, v. 1).

RANCIÈRE, Jacques. A partilha do sensível: estética e política. Trad. Mônica Costa Netto. – 2. ed., 4. reimp. – São Paulo: EXO experimental org., Editora 34, 2018.

SILVEIRA, M.F.L. Trabalhando pelo sucesso escolar: as vivências de uma professora em seu primeiro ano de atuação na escola pública. 2002. 168f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Centro de Educação e Ciência Humanas, Universidade Federal de São Carlos, 2002.

STREK, Danilo R. Pedagogia no encontro de tempos. Petrópolis, RJ: Vozes, 2001.

TARDIF, M. Saberes docentes e formação profissional. 8. ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2007.

TARDIF, M; LESSARD, C. O trabalho docente: elementos para uma teoria da docência como profissão de interações humanas. 3. ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2007.

TEIXEIRA, I. A.; LOPES, J. S. M. A escola vai ao cinema. Belo Horizonte: Autêntica, 2008.

VÁZQUEZ, A. S. Filosofia da Práxis. São Paulo: Expressão Popular, 2011.

Downloads

Publicado

2021-10-13

Como Citar

SANTOS, José Alex Soares. Práxis docente e currículo em ação: ensino, pesquisa e extensão narrados em três atos. Revista Docência e Cibercultura, [S. l.], v. 5, n. 3, p. 258–275, 2021. DOI: 10.12957/redoc.2021.56292. Disponível em: https://www.e-publicacoes.uerj.br/re-doc/article/view/56292. Acesso em: 18 jun. 2024.