Artesanias audiovisuais e a produção de dramaturgias docentesdiscentes: negociações mediadas pelo digital em rede

Autores

  • Leonardo Nolasco-Silva Universidade do Estado do Rio de Janeiro
  • Vittorio Lo Bianco Fundação Cecierj/ Proped-UERJ
  • Lia Faria UERJ - Proped

DOI:

https://doi.org/10.12957/redoc.2017.30486

Palavras-chave:

Audiovisualidades, Cultura da Convergência, Educação a Distância.

Resumo

Nossa proposta é pensar, a partir do conceito de audiovisualidades, as possibilidades didáticas abertas pela cultura da convergência, seja nos cenários da Educação a Distância, seja nas paisagens da modalidade presencial. Para tanto, discutimos o papel da televisão de modo a problematizar as tecnologias educacionais e seus usos por professores e estudantes. Discutimos o nosso contato diário com a televisão comercial – no aparelho tradicional ou na palma da nossa mão – e rememoramos iniciativas que elegeram a TV como meio de praticar e dar acesso à educação formal – mais especificamente falamos da gênese e da lógica do Telecurso 2º Grau, pensando em como aquela modalidade de ensino ainda ressoa entre as práticas atuais de EAD. Perguntamos o que ainda temos a aprender com essa lógica de produção de imagens e que espaços de invenção podemos explorar a partir dela, ampliando o repertório sobre as tecnologias educacionais na formação de professores.

Biografia do Autor

Leonardo Nolasco-Silva, Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Professor adjunto da Faculdade de Educação da Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Downloads

Publicado

2017-10-31

Como Citar

NOLASCO-SILVA, Leonardo; LO BIANCO, Vittorio; FARIA, Lia. Artesanias audiovisuais e a produção de dramaturgias docentesdiscentes: negociações mediadas pelo digital em rede. Revista Docência e Cibercultura, [S. l.], v. 1, n. 1, p. 61–79, 2017. DOI: 10.12957/redoc.2017.30486. Disponível em: https://www.e-publicacoes.uerj.br/re-doc/article/view/30486. Acesso em: 22 abr. 2024.

Edição

Seção

Artigo Fluxo Contínuo