Narrativas de alunos e professores: uma construção conjunta de identidades profissionais

Renata Lopes de Almeida Rodrigues

Resumo


O presente artigo tem por objetivo principal discutir o conceito de narrativas à luz de teóricos das áreas da Linguística Aplicada, da Psicologia Social, entre outras, e relacionar esse forma de usar o discurso no mundo soccial como uma maneira de historicizar a vida social e profissional.  As narrativas utilizadas para fins de análise de dados, permitem um olhar para o ato de narrar em contextos institucionais como uma forma de construirmos identidades profissionais– as nossas e as daqueles com quem interagimos.            O trecho narrativo selecionado é parte de uma gravação em áudio de um encontro entre duas professoras-orientadoras (entre as quais eume incluo) e seus alunos-bolsistas de um projeto de Iniciação à Docência, em uma universidade no estado do Rio de Janeiro. Nesse contexto, busco entender como as narrativas que surgem na interação entre professoras-orientadoras e professores em formação inicial contribuem para a construção das identidades desses participantes.  Minha intenção é focar no uso dessa forma de discurso para nos posicionarmos social e profissionalmente. DOI 10.12957/soletras.2013.6311

Palavras-chave


Narrativa; identidades profissionais; discurso

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/soletras.2013.6311

Licença Creative Commons

SOLETRAS online - ISSN 2316 8838

Revista do Departamento de Letras

Faculdade de Formação de Professores da UERJ

Rua Dr. Francisco Portela, 1470 - Patronato - São Gonçalo - RJ

Cep: 24435-005 - e-mail: soletrasonline@yahoo.com.br