A construção de atenuação do discurso com verbo suporte trazer: uma abordagem construcional baseada no uso

Fábio Rodrigo Gomes da Costa, Marcia dos Santos Machado Vieira

Resumo


O presente artigo tem como objetivo analisar a construção de atenuação do discurso, que, no plano da forma, é representada pela estrutura [trazerVsuporte + _____ Elemento não-verbal predicante (com Ndeverbal)]predicador verbal complexo. Esta construção licencia subesquemas construcionais que ou envolvem SN com Ndeverbal ou SP com Ndeverbal no segundo slot, destinado a elemento não-verbal predicante. A construção e seus subesquemas construcionais estão interconectados em uma rede construcional por meio de links taxonômicos, horizontais, sintáticos e lexicais, conforme o modelo de rede proposto por Diessel (2015). As expressões observadas, coletadas no banco de dados do site eletrônico da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (ALERJ), foram identificadas em discursos de deputados entre os anos de 2011 e 2019. O aparato teórico-metodológico desta análise é a Linguística Funcional-Cognitiva e da Gramática de Construções Baseada no Uso (GCBU). Da análise de dados, destacam-se estes resultados: (i) o preenchimento de elemento não-verbal por  SN com Ndeverbal viabiliza moldar o participante sujeito (que pode coincidir ou não com o enunciador) na figura de um porta-voz e (ii) seu preenchimento por SP com Ndeverbal viabiliza sobressair o papel do interlocutor no estado de coisas encaminhado pelo enunciador.

Palavras-chave


Construção com verbo suporte; Atenuação do discurso; Gramática de Construções Baseada no Uso; Linguística Funcional-Cognitiva

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/soletras.2021.55836

Licença Creative Commons

SOLETRAS online - ISSN 2316 8838

Revista do Departamento de Letras

Faculdade de Formação de Professores da UERJ

Rua Dr. Francisco Portela, 1470 - Patronato - São Gonçalo - RJ

Cep: 24435-005 - e-mail: soletrasonline@yahoo.com.br