ALGUNS ASPECTOS DA HETEROGENEIDADE DIALETAL BRASILEIRA: CONSTRUÇÕES SINTÁTICAS A PARTIR DOS PRONOMES SUJEITO E OBJETO

Vicente Cerqueira, Marcelo Leal Lima

Resumo


Sem perceber, as pessoas vão se familiarizando com o empregode formas linguísticas e muitas vezes não têm consciência da heterogeneidadedialetal que naturalmente praticam. Segundo Bagno:será impossível escrever uma única gramática que dê conta de todasas variedades linguísticas do português brasileiro, nem de seus incontáveisusos. Estudos comparativos mostram diferenças entre asvariedades do português brasileiro e o prescritivo. Galves propõe quea norma padrão e a variedade brasileira têm gramáticas diferentes.Essas distinções estão bem visíveis no sistema flexional e pronominal,como apontam Galves, (1983/1988; 1998); Paggoto (1993), Nunes(1993) e Kato (1999)28 entre outros. A divergência é explícita nocaso dos pronomes sujeito e objeto. A norma padrão em acordo coma língua portuguesa de Portugal impõe um modelo pronominal, masfoi perpetuado outro, tratando-se do Brasil.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/soletras.2010.5198

Licença Creative Commons

SOLETRAS online - ISSN 2316 8838

Revista do Departamento de Letras

Faculdade de Formação de Professores da UERJ

Rua Dr. Francisco Portela, 1470 - Patronato - São Gonçalo - RJ

Cep: 24435-005 - e-mail: soletrasonline@yahoo.com.br