PELOS BECOS E PELA AVENIDA DA BÉLLE ÉPOQUE CARIOCA

Marcela Cockell Mallmann

Resumo


A cultura da modernidade predominante na Bélle Époque éeminentemente urbana, e a cidade é consolidadora, ou seja, ela própriatorna-se tema e sujeito das manifestações culturais e artísticas. Acidade é o lugar da construção da modernidade, é a metrópole, enfim,a forma mais específica de realização da vida moderna. O Riode Janeiro, sobretudo no governo de Pereira Passos, foi essencialmenteinfluenciado pelo modelo francês de Haussmann, o gestor daParis burguesa e monumental surgida entre 1853 e 1870. Neste trabalho,procurarei delinear alguns aspectos desta remodelação urbanacaracterizada pela intervenção do Estado em sua busca pelo progresso,ao lado da elite. Essa busca pela modernidade reflete um novoolhar sobre a criança que necessita de proteção.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/soletras.2010.5168

Licença Creative Commons

SOLETRAS online - ISSN 2316 8838

Revista do Departamento de Letras

Faculdade de Formação de Professores da UERJ

Rua Dr. Francisco Portela, 1470 - Patronato - São Gonçalo - RJ

Cep: 24435-005 - e-mail: soletrasonline@yahoo.com.br