SOBRE O LATIM E OUTROS LATINS: ALGUMAS REFLEXÕES SOCIOLINGÜÍSTICAS

Leila Teresinha Maraschin

Resumo


Não é fato recente o reconhecimento da relação entre língua e sociedadepor parte de estudiosos tanto da lingüística quanto da sociologia.No final do século XIX, os dialetólogos começaram a registrar as falaspopulares através de inquéritos, fazendo observações, sobretudo de aspectosregionalistas e, em menor escala, de variações sociais e individuais(Ilari, 1992: 25-32). Contudo, pesquisas de maior interesse e contribuiçãodesenvolveram-se a partir de 1950 e 1960, nos Estados Unidos, como destaque de William Labov, que, utilizando um método sofisticado deentrevista, associou variações fonológicas a dados extralingüísticos dosfalantes, como nível de escolaridade, profissão, renda e status social.(Labov, 1976: 45-126)

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/soletras.2007.4731

Licença Creative Commons

SOLETRAS online - ISSN 2316 8838

Revista do Departamento de Letras

Faculdade de Formação de Professores da UERJ

Rua Dr. Francisco Portela, 1470 - Patronato - São Gonçalo - RJ

Cep: 24435-005 - e-mail: soletrasonline@yahoo.com.br